1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Manifestações extremistas em Leipzig geram choques com polícia

Radicais de esquerda protestam contra marcha neonazista e atacam agentes de segurança. Como saldo, várias detenções, danos materiais e pelo menos 40 policiais feridos. É possível relação com atentados na noite anterior.

default

Extremistas de direita e de esquerda e polícia em confito violento no leste alemão

Confrontos violentos ocorreram entre a polícia de Leipzig e manifestantes de esquerda, neste sábado (12/12). Mascarados jogaram pedras e morteiros, contêineres de lixo foram incendiados, e os vidros de uma parada de ônibus, estilhaçados. Pelo menos 40 policiais ficaram feridos e diversos manifestantes foram colocados sob custódia.

O pavio dos choques foi uma manifestação neonazista organizada por diversos grupos. Segundo porta-voz da polícia, "cerca de mil 'autonomistas' [radicais de esquerda] dispostos à violência" partiram para um protesto contrário. Os agentes de segurança responderam com jatos d'água.

No total, cerca de 2.500 pessoas de ambas as alas extremistas estiveram envolvidas nas ocorrências na cidade do leste da Alemanha. O protesto neonazista inicial foi organizado pelo partido A Direita e os movimentos Ofensiva pela Alemanha e Thügida (versão do estado da Turíngia do Pegida – sigla para "Europeus patriotas contra a islamização do Ocidente" –, originário de Dresden).

Na noite anterior, escritórios de partidos políticos em Leipzig já haviam sofrido ataques. Num subúrbio da zona sul, pneus e contêineres foram incendiados. A polícia não descarta que haja uma relação com a violência durante as manifestações.

AV/dpa,epd,afp

Leia mais