1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Mais de 76 mil morreram no pior ano da guerra civil na Síria

Das vítimas de 2014, quase 18 mil eram civis. Em quatro anos, estima-se que conflito tenha deixado cerca de 200 mil mortos.

A guerra civil na Síria matou 76.021 pessoas em 2014, fazendo do ano passado o mais mortal do conflito, disse o Observatório Sírio dos Direitos Humanos nesta quinta-feira (01/01). Quase 18 mil das vítimas eram civis, incluindo 3.501 crianças.

Mais de 15 combatentes rebeldes foram mortos, assim como cerca de 17 mil militantes de grupos jihadistas, entre eles o "Estado Islâmico" e a Frente al-Nusra – braço sírio da al-Qaeda. Além disso, por volta de 22.600 tropas do governo, incluindo soldados e membros de milícias pró-governo, foram mortos, segundo o observatório baseado no Reino Unido.

Protestos contra o governo em março de 2011 deram início ao conflito que se transformou em guerra civil. A ONU estima que cerca de 200 mil pessoas tenham sido mortas desde então, mas ativistas afirmam que os números reais são muito superiores.

Em 2013, a guerra já havia deixado mais de 73 mil mortos, após fazer mais de 49 mil vítimas em 2012 e quase 8 mil em 2011.

LPF/afp/rtr/ap

Leia mais