1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Migração

Mais de 700 mil migrantes chegaram à Europa em 2015

Agência da ONU registra entrada de mais de 560 mil refugiados somente na Grécia. Ao menos 3,2 mil pessoas perderam suas vidas na tentativa de cruzar o Mar Mediterrâneo, mais da metade de origem síria.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur) divulgou, nesta terça-feira (27/10), que mais de 700 mil migrantes e refugiados viajaram à Europa por mar neste ano. Ao menos 3.210 pessoas perderam suas vidas na tentativa de alcançar o continente.

A Grécia é o país europeu mais afetado com o imenso afluxo de migrantes: 562.355 pessoas fizeram a perigosa travessia do Mar Mediterrâneo até a costa grega em 2015, segundo o Acnur. A grande maioria estava fugindo de conflitos e pobreza no Oriente Médio e na África.

A Itália recebeu aproximadamente 140 mil migrantes. Outros milhares de refugiados chegaram à Europa por meio de outros países, como a Espanha.

O número de pessoas que procuram refúgio na Europa tem crescido continuamente ao longo do ano. O mês de outubro foi o com maior número de chegadas, apesar da piora das condições meteorológicas, que aumentam os perigos da viagem. A estimativa é que em torno de 170 mil migrantes tenham chegado à Europa neste mês após atravessar o Mediterrâneo. No mesmo mês do ano passado, foram menos de 40 mil.

A agência de refugiados da ONU disse também que ao menos 20% das pessoas que chegaram por mar eram crianças. Homens representam a vasta maioria, com 65%, e as mulheres somam 14% do contingente de migrantes.

Mais da metade dos refugiados são da Síria, seguidos do Afeganistão e Iraque. Ao todo, 85% dos migrados vieram dos dez países que, segundo a Acnur, mais geram refugiados no mundo. Além dos três países já citados, a lista inclui Eritreia, Nigéria, Paquistão, Somália, Sudão, Gâmbia e Bangladesh.

A chegada de centenas de milhares de migrantes provocou a pior crise migratória na Europa desde a Segunda Guerra Mundial. E não há sinais de que o fluxo diminuirá tão cedo: a Organização Internacional de Migração (OIM) divulgou que 5.239 pessoas chegaram à Grécia somente no último sábado, e outras 4.199 no domingo.

PV/dpa/epd/afp

Leia mais