Maior fabricante chinesa de automóveis inicia produção na Europa | Notícias e análises sobre a economia brasileira e mundial | DW | 22.02.2012
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Maior fabricante chinesa de automóveis inicia produção na Europa

Great Wall Motors é a primeira montadora chinesa a ter fábrica em território europeu. Instalada na Bulgária, unidade irá produzir 4 mil veículos até final do ano. Capacidade pode chegar até 70 mil, se houver demanda.

default

Modelo compacto Voleex C10

A montadora chinesa Great Wall Motors inaugurou nesta terça-feira (22/02) sua primeira unidade dentro da União Europeia. "Os planos de construir uma fábrica na Bulgária e produzir carros aqui têm a intenção de aumentar a nossa capacidade de produção e exportar esses carros para o mercado europeu", disse a presidente Feng Ying Wang.

A fábrica, construída em parceria com a búlgara Litex Motors, está localizada na cidade de Lowetsch, norte do país, e empregará 150 funcionários. Em 2012, a unidade deve disponibilizar 4 mil veículos para o mercado. "Mas dependendo da demanda, nós podemos também trabalhar em dois ou três turnos e produzir 50 mil ou até 70 mil carros por ano", comentou Iwo Dekow, diretor de marketing da Litex.

Sobre a empreitada na Bulgária, a diretora Feng Ying Wang disse que a iniciativa "é de uma iimportância estratégica para se obter acesso ao mercado da União Europeia". O investimento na fábrica teria sido de cerca de 80 milhões de euros.

Porta de entrada

A Bulgária é o país mais pobre da Europa. Membro da União Europeia desde 2007, a nação não faz parte da zona do euro, oferece salários baixos e cobra impostos modestos dos investidores – por outro lado, os búlgaros são conhecidos por terem boa formação.

A unidade em Lowetsch vai produzir os modelos Voleex C10, um carro mais compacto, e a pick-up Steed 5, que serão vendidos por 8,2 mil a 12,8 mil euros. Segundo os empresários, 200 carros já foram vendidos na Bulgária, e a reação do mercado foi positiva. "Em 2016 a Great Wall quer oferecer até dez modelos na Europa", comentou Dekow.

Autotypen China - SUV von Great Wall Motors

Great Wall também fabrica veículos utilitários, como o Hover

Expansão chinesa

A montadora é a maior da China e já produz em países como Rússia, Indonésia, Egito e Ucrânia. A companhia foi fundada em 1976, inicialmente como fabricante de caminhões. O consórcio conta com 28 subsidiárias e emprega atualmente 42 mil funcionários.

Em comparação com 2010, as vendas entre janeiro e outubro do ano passado subiram 30%, chegando a 322 mil unidades. O volume de negócios cresceu em 41%, totalizando 2,5 bilhões de euros.

Outras chinesas também ampliam a atuação global. A Geely, por exemplo, comprou em 2010 a sueca Volvo da Ford; já a Cherry assumiu no fim do ano passado a planta da Fiat na cidade siciliana de Termini Imerese, juntamente com a italiana DR Motor. "Assim elas fazem avanços na questão da qualidade", opinou o especialista Yann Lacroix von Euler Hermes.

Os testes do instituto Euro NCAP, responsável por checar a segurança e pela adequação ao padrão europeu, mostram a evolução. O primeiro carro chinês testado pelo órgão, em 2010, recebeu duas das cinco estrelas possíveis. Os dois próximos modelos verificados no ano seguinte foram classificados com quatro estrelas. Um "desenvolvimento espetacular", classificou o instituto.

NP/dpa/afp
Revisão: Francis França