1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Ciência e Saúde

Maior evento europeu de games começa na Alemanha

A maior feira europeia de games espera atrair mais de 200 mil visitantes à cidade de Colônia, na Alemanha. Muitas novidades estão previstas, mesmo sem a participação de grandes nomes da indústria, como Nintendo e Sega.

A Gamescom começou nesta quarta-feira (15/08) em Colônia, na Alemanha. Espera-se que sejam apresentados mais de 300 novos jogos e gadgets tecnológicos no evento que vai até domingo.

Os destaques da feira são as apresentações do jogo de simulação de futebol "FIFA 13" e uma nova versão de "Tomb Raider", que tem milhões de fãs em todo o mundo. Outros jogos esperados são "Assassins Creed 3" e "Crysis 3".

O grupo japonês Sony é um dos 600 expositores e irá apresentar seus melhores jogos para o PlayStation 3 com uma nova aparência. Entre eles estão "Little Big Planet" e o game de terror "Until Dawn". Além disso, a Sony aposta em jogos com formato menor, que se possam jogar em smartphones.

O segmento de jogos para aparelhos móveis é uma tendência crescente entre os jovens e, portanto, um dos focos na Gamescom, que pela primeira vez que terá um pavilhão só para eles. Jogos online também terão espaço garantido na feira.

Mercado em dificuldade

Embora mantenha a reputação de maior feira de jogos da Europa, a Gamescom não terá a participação de grandes nomes, como Nintendo, Microsoft e Sega. As ausências podem ser atribuídas à perda de importância dos fabricantes de consoles, uma vez que jogos online se tornam cada vez mais universais.

Outro nicho afetado pelo desenvolvimento de jogos para tablet e smartphones são os fabricantes de jogos portáteis, também chamados game boy, como Vita e Nintendo 3DS, dizem os organizadores do evento.

A organização de TI da Alemanha, Bitkom, espera uma redução em 3,08 bilhões dólares no mercado de videogames do país em 2012. A perda de receita seria causada pela durabilidade dos consoles de jogos e sua habilidade para se manterem atualizados através de correções de software, além o uso de dispositivos periféricos, afirma Ralph Haupter, da Bitkom.

A feira Gamescom, cujo país parceiro deste ano é a Coreia do Sul, está aberta a partir de quinta-feira para o público em geral. São esperados mais de 250 mil visitantes e, paralelamente às apresentações de novos jogos, representantes da indústria e políticos discutirão assuntos como classificação etária para proteção de menores e direitos autorais.

GMF/dpa/dapd/afp/rtr
Revisão: Francis França

Leia mais