1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

América Latina

Maduro diz que Venezuela prepara resposta à Espanha

Após Congresso espanhol ratificar resolução que pede libertação de presos políticos no país sul-americano, líder venezuelano anuncia medidas contra Madri. "Opinem sobre suas mães, mas não opinem sobre a Venezuela."

O Congresso espanhol ratificou nesta terça-feira (14/04) uma resolução que pede ao governo que tome as medidas necessárias, perante as autoridades venezuelanas e a comunidade internacional, para que dezenas de opositores do regime do presidente Nicolás Maduro possam ser libertados.

"Opinem sobre suas mães, mas não opinem sobre a Venezuela", disse Maduro, em resposta aos deputados espanhóis que aprovaram a resolução.

O líder venezuelano, que acusa o presidente espanhol, Mariano Rajoy, de estar por trás de "todas as manobras" contra seu país, afirmou que Caracas irá tomar medidas contra a Espanha.

"Ordenei ao chanceler e ao Conselho de vice-presidentes do governo que analisem a agressão da qual estamos sendo vítimas por parte das elites corruptas e corrompidas da Espanha", afirmou Maduro em seu programa de rádio e televisão, ressaltando que o país prepara "um conjunto de respostas".

Deputados espanhóis pediram a Rajoy que tome "todas as iniciativas pertinentes" para a liberação imediata do prefeito de Caracas,

Antonio Ledezma

, do líder oposicionista Leopoldo López e de manifestantes presos durante a onda de protestos contra o governo, que deixaram mais de 40 mortos no ano passado.

Assim como seu antecessor, Hugo Chávez, Maduro insiste que não há presos políticos no país, mas sim, "políticos presos", apesar das constantes denúncias de organizações não governamentais e governos de outros países.

O secretário espanhol de Relações com as Cortes, José Luis Ayllón, considerou "fora de lugar" as críticas de Maduro. Ayllón também afirmou que a aprovação da resolução que permite ao governo atuar em defesa da libertação dos opositores é um exemplo da preocupação da Espanha com os cidadãos, tanto espanhóis como estrangeiros.

RC/efe/rtr

Leia mais