1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Músicas dos Beatles entram em serviços de streaming

Até recentemente as canções da banda só eram disponíveis de forma legal em mídias físicas ou downloads comerciais. Mas agora foram liberadas para plataformas de música digital, a tempo para as festas de fim de ano.

default

George, Paul, John e Ringo na Suécia, em 1963

Por muitos anos, as canções dos Beatles não eram disponibilizadas para ser ouvidas em serviços de música digital. Mas, a partir do primeiro minuto desta quinta-feira (24/12), é possível escutar as músicas de uma das bandas mais famosas do mundo em plataformas de streamingcomo Spotify, Apple Music, GooglePlay, Tidal, Deezer e Amazon Prime Music, entre outras.

Na época da Beatlemania, John Lennon, Paul MacCartney, George Harrison e Ringo Starr chegaram a colocar 17 compactos simples na parada britânica. A banda de Liverpool acabou em abril de 1970, mas canções como Hey Judee Yesterdaycontinuam amplamente populares. Já foram lançadas numerosas antologias da banda, a mais recente das quais em novembro.

No entanto, as canções do quarteto só foram disponibilizadas para donwload no portal iTunes Music Store em 2010, sete anos depois de a plataforma estrear. A iniciativa atraiu atenção considerável.

O anúncio mais recente é visto como indicação de que cada vez mais artistas e proprietários de direitos autorais se rendem aos serviços de streaming. Um deles é o cantor e compositor alemão Herbert Grönemeyer, que, após longa resistência, consentiu no início de dezembro com a distribuição de suas músicas pela Apple Music. Por outro lado, artistas conhecidos como Adele e Taylor Swift seguem céticos quanto à prática ou a rejeitam radicalmente.

Por razões de direitos, o provedor de música por streaming Pandora não incluirá as músicas dos Beatles em suas listas. As demais plataformas, por sua vez, deverão oferecer grande parte delas, ou talvez todo o catálogo, a tempo para os feriados de fim de ano.

FC/dpa/ots

Leia mais