1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Músculos, suor e beleza

Mais de cinco milhões de alemães freqüentam academias. A preocupação com a saúde, a forma física e a beleza está virando uma obsessão e criou um mercado diversificado, que movimenta bilhões de dólares.

default

Mulheres treinam em academia de Hamburgo

Foram-se os tempos em que os aparelhos de musculação mais pareciam máquinas de tortura, e os ginásios da Alemanha eram freqüentados quase exclusivamente pelos exemplares do sexo masculino empenhados em se parecer com Arnold Schwarzenegger.

Manter a forma e trabalhar o corpo – fitness – faz parte do cotidiano de um número cada vez maior de pessoas – homens e mulheres – , o que provocou um verdadeiro boom dos ginásios e academias nas últimas décadas. Segundo um estudo da consultoria Deloitte and Touche, o setor cresceu 155% nos últimos dez anos, a partir de 1992. Cerca de 5 milhões de alemães freqüentavam ginásios no final de 2002, o que representa 6,2% da população do país.

Fitness também em clubes, piscinas, hotéis e spas

Para agradar a clientela, as academias oferecem as últimas novidades em aparellhos, vários tipos de aeróbica e ginástica em grupo, cardio fitness, condicionamento, tai chi chuan, step, hidroginástica, entre outras variedades. Academias para mulheres e com ênfase na fisioterapia, para quem tem hérnia de disco ou problemas que impedem um treinamento comum, complementam a oferta.

A tendência na última década foi cercar a malhação de todo um ambiente agradável, que inclui bar, sauna, som e TV para quem está pedalando na bicicleta ou correndo na esteira. Algumas academias incluem um setor de wellness, embora isso seja mais comum em clubes, piscinas públicas e privadas e nos hotéis, que se abrem cada vez mais para o novo lucrativo segmento.

Senioren im Fitness Studio mit Thumbnail

Terceira idade também entrou na onda do movimento

Os spas tem sua cara própria na Alemanha. Em alguns pode-se fazer jejum para desintoxicação e emagrecimento, outros oferecem as mais diferentes dietas, acompanhadas de ginástica e banhos terapêuticos (inclusive de lama). Outros são verdadeiras beauty farms.

Mania de saúde e culto da juventude

Fangopackung im Thermalbad

«Fangopackung»: tratamento com lama, em balneário de águas termais

Comum a quem procura estar em forma é a preocupação com a saúde e a aparência. Ela aumentou constantemente nas últimas décadas, em todas as faixas etárias. Se ter uma boa figura é importante para jovens e muitos adultos, a partir dos 50 o interesse é entrar na terceira idade em boas condições físicas, o que adquire importância cada vez maior com o aumento da expectativa de vida na Alemanha. Algumas academais já tem ofertas especiais para este grupo, mas isso está apenas começando.

O desejo de cuidar da saúde através de uma alimentação equilibrada, da prática de esportes e ginástica é, sem dúvida, legítimo. Mas o culto da juventude, o desejo de manter-se jovem e em forma a vida inteira extrapolam a simples preocupação com a saúde, revelando o acentuado individualismo na Alemanha como moderna sociedade industrializada. Críticos, como o médico e teólogo Manfred Lütz, falam de uma verdadeira mania com a saúde, a nova "religião" da modernidade. "As pessoas desejam ardentemente a vida eterna e estão dispostas a fazer de tudo para alcançá-la", disse em entrevista à Deutsche Welle.

Manter a forma: a nova "religião"

As academias são os novos centros de peregrinação e os regimes, publicados semanalmente em centenas de revistas, os novos rituais de penitência. Também o pecado recebeu um novo sentido: pecar é comer doces, carnes gordurosas ou tudo o que é proibido nos regimes, escreve Lütz em seu irônico livro, intitulado "A alegria de viver – contra o sadismo das dietas, a mania da saúde e o culto do fitness".

Detrás da imagem de um corpo jovem malhado e perfeito, ou flexível e saudável, no caso dos mais idosos, está a publicidade e um mercado poderoso, que inclui produtos farmacêuticos e de dieta, alimentos, fitness, aparelhos, artigos e roupas esportivas, wellness, cosméticos e produtos de beleza, publicações, moda e lifestyle, só para citar alguns de seus segmentos. Muitos deles, em plena expansão.

Mercado bilionário

A indústria farmacêutica também tem seu papel na nova "religião", prometendo deter o envelhecimento, atenuar o estresse ou corrigir as conseqüências de uma vida cada vez menos sadia na sociedade moderna. O faturamento mundial com medicamentos lifestyle, por exemplo, que incluem desde Viagra até vitaminas e complementos nutricionais, foi de mais de 20 bilhões de dólares em 2002, devendo duplicar até 2010, para 41 bilhões de dólares, segundo estudo do Deutsche Bank, o maior banco alemão.

Quanto às academias, parece haver uma saturação do mercado na Alemanha, após um crescimento à base de 11% ao ano na última década. A tendência é de concentração: as pequenas desaparecem, enquanto ganham terreno as cadeias de academias, as únicas em condições de oferecer o que os clientes desejam: imensos centros que combinam fitness e wellness, com piscinas, sauna, massagens, terapias alternativas contra estresse, tudo em ambientes amplos e luxuosos.

Perspectivas das academias

Atualmente, destacam-se quatro gigantes no setor, Fitness Company, Elixia, FSH Future Sports e TC Holdings, com uma fatia de 75% do mercado. Este ano, o grupo Karstadt, o maior vendedor de artigos esportivos da Alemanha, comprou 9 academias, que começaram a funcionar, em outubro, sob o nome Karstadt Fitness. E o grupo anunciou que as aquisições continuarão, o que leva a crer que um quinto concorrente em breve estará disputando o mercado.

As recentes mudanças nos planos-saúde na Alemanha devem favorecer o setor de fitness, pois a tendência é premiar, através de um sistema de bônus e devolução de dinheiro, a prevenção de doenças. Além de quem comparece aos exames de rotina, terão direito a bônus os segurados que cuidam da saúde praticando esporte e malhando em clubes e academias.

Leia mais