1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Mísseis israelenses matam comandante do Hamas

Ahmed al-Jabari, líder militar do movimento palestino Hamas, foi morto em um ataque direcionado de Israel contra a Faixa de Gaza. Membros da organização radical prometem vingança.

Após os intensos bombardeios com mísseis a partir da Faixa de Gaza, as forças aéreas israelenses mataram o comandante do braço armado do Hamas, Ahmed al-Jabari. A notícia foi confirmada nesta quarta-feira (14/11), tanto por Israel quanto por fontes anônimas do próprio Hamas.

Segundo a organização radical palestina, que domina a Faixa de Gaza desde 2007, outro de seus membros foi morto juntamente com Jabari. Ambos estavam em um carro em movimento, que foi atingido por um míssil.

Ahmed al Djabari, comandante morto de brigada do Hamas

Ahmed al Djabari, comandante morto de brigada do Hamas

A porta-voz das Forças Armadas israelenses, Avital Leibovich, confirmou o ataque intencional contra Jabari, comandante das brigadas Essedin al Kassam, do Hamas. Segundo ela, a ação foi o "início de uma operação contra organizações terroristas na Faixa de Gaza, em resposta a atentados contra civis israelenses".

Médicos palestinos informaram que o guarda-costas do comandante teria ficado ferido no incidente. Membros do Hamas e do Al Kassam protestaram diante do hospital em Gaza, exigindo vingança. O braço armado do Hamas declarou que, com o ataque a Jabari, Israel "abriu as portas do inferno".

Segundo um informante naquela região do Mediterrâneo, a Aeronáutica israelense também bombardeou outros alvos. No sul de Israel soou o alarme aéreo, devido a novos ataques com mísseis a partir de Gaza.

AV/dpa/afp
Revisão: Francis França

Leia mais