1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

México quer confirmar favoritismo contra Angola

Após a vitória por 3 a 1 sobre os iranianos na estréia no Mundial, os mexicanos podem colocar um pé nas oitavas-de-final se vencerem Angola, que vai para o tudo ou nada.

default

Mexicanos estão confiantes de que passam para a próxima fase

"Todas as partidas são importantes, mas nesta podemos chegar aos seis pontos", disse o zagueiro mexicano Pineda, antes do jogo desta sexta-feira (16/06) às 21h (16h de Brasília), em Hannover contra Angola. Os africanos, que perderam de 1 a 0 para Portugal na estréia no grupo D, precisam vencer para manter as esperanças de passar às oitavas-de-final.

Na única vez que os mexicanos enfrentaram uma seleção africana até hoje, em 1978 na Argentina, perderam de 3 a 1 para a Tunísia. Ainda que desta vez os astecas sejam favoritos, o zagueiro angolano Jamba avisa que sua equipe "fará de tudo para vencer pelo menos um jogo nesta Copa".

WM Fußball Angola Jamba

Jamba: 'Queremos uma vitória'

Apesar da derrota para Portugal, os angolanos não jogaram mal na estréia. Além disso, o México fará seu primeiro confronto com os "antílopes negros" sem sua principal estrela, o atacante Borgetti, que sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda contra os iranianos e deve ficar ausente de toda a primeira fase.

Em seu lugar, o técnico Ricardo La Volpe deve escalar o brasileiro naturalizado Zinha. O meia-atacante entrou no segundo tempo na estréia e teve atuação destacada. Além de marcar o terceiro gol, o jogador do Toluca deu o passe para o segundo, de Bravo.

"Temos que ser inteligentes e evitar os erros cometidos contra o Irã. Nesta primeira parte do Mundial, temos que jogar três finais e já ganhamos a primeira. Agora, estamos pensando em ganhar a segunda", disse La Volpe.

O atacante mexicano Francisco Fonseca adverte que não se deve subestimar os angolanos. "Vimos alguns vídeos e constatamos que eles têm uma defesa muito forte. E eles são bem organizados."

A ausência de Borgetti no México pode representar uma pequena vantagem para Angola, que tem como destaques o atacante Akwa e o meia Zé Kalanga. Ambos tiveram boas atuações contra Portugal e levam perigo ao gol adversário, quando o meio-campo, que tende a atuar recuado, consegue acertar os lançamentos.

MÉXICO x ANGOLA

Data : 16/6/2006
Local : Estádio da Copa em Hannover
Horário : 21h (16h de Brasília)
Árbitro : Shamsul Maidin (Cingapura)
Auxiliares : P. Permanich (Tailândia) e E. Ghulom (Emirados Árabes Unidos)

México
Sánchez; Torrado, Salcido, Márquez, Osorio e Méndez; Pardo, Pineda e Zinha; Franco e Bravo.
Técnico : Ricardo La Volpe

Angola
João Ricardo; Delgado, Jamba, Kali e Locô; Macanga, Zé Kalanga, Mendonça e Figueiredo; Mateus e Akwa.
Técnico : Luis Oliveira

Leia mais