1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

América Latina

México em alerta após roubo de material radioativo

Autoridades mexicanas alertam para o roubo de um caminhão contendo Irídio 192, material radioativo altamente perigoso. Este é o quarto incidente do tipo nos últimos dois anos no país.

Autoridades mexicanas alertaram nesta quinta-feira (16/04) sobre o roubo de um contêiner com material altamente radioativo na cidade de Cárdenas, no estado de Tabasco.

O material pode ser "muito perigoso para as pessoas se for removido do contêiner", afirmou o ministério do Interior através de nota. "Permanecer próximo a essa quantidade de material radioativo não blindado, por horas ou dias, pode ser fatal", destacou o ministério.

A Polícia Federal, a Marinha e o Exército mexicanos foram postos de prontidão, e as Unidades Estaduais de Proteção Civil nos estados de Tabasco, Chiapas, Campeche, Oaxaca e Veracruz foram alertadas.

Caso o contêiner venha a ser encontrado, as autoridades orientaram a população a estabelecer um perímetro de 30 metros ao redor do material.

O agente radioativo Irídio 192 pode causar queimaduras, doenças decorrentes da exposição à radiação aguda e até a morte, segundo informações dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos. O material é utilizado no tratamento de câncer ou em medidores industriais que inspecionam junções de soldas.

Este foi apenas o caso mais recente de roubo de material radioativo no México. Três outros casos semelhantes foram registrados no país nos últimos anos, sem que houvesse consequências para a população.

Em dezembro de 2013, ladrões roubaram um caminhão contendo Cobalto 60 – material altamente radioativo utilizado no tratamento de câncer – aparentemente sem saber a natureza da carga. As autoridades recuperaram o material e prederam cinco suspeitos, que foram hospitalizados. Todos sobreviveram.

RC/afp/efe

Leia mais