1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

México e Argentina brigam por final contra o Brasil

Rivais latinos se enfrentam neste domingo, em Hannover, pela segunda vaga na decisão da Copa das Confederações; Brasil venceu a Alemanha, e já está na final.

default

Mexicano Rafa Marquez volta à zaga

Quem enfrenta o Braisl na decisão da Copa das Confederações, no dia 29, em Frankfurt? O México, vencedor do grupo B, e a Argentina, que ficou na segunda posição do A, se enfrentam neste domingo (26/6) em Hannover pela segunda vaga na final do torneio de ensaio para o Mundial.

Confederations Cup Fans aus Mexiko

Torcedoras celebram sucesso mexicano

Para continuarem como surpresa da competição, os mexicanos, que venceram o Brasil, o Japão e empataram com a Grécia na primeira fase, contam com o retorno do zagueiro Rafa Marquez, recuperado de lesão.

A presença do jogador do espanhol Barcelona contrasta com os cortes de Galindo e Carmona, flagrados no exame antidoping e mandados de volta para a casa pela Federação Mexicana de Futebol. Assim, a seleção caribenha fica órfã de dois de seus principais defensores.

A retaguarda sólida que hoje já não conta com as suas peças titulares levou apenas um gol até agora no torneio. O suficiente para contribuir com a seqüência de 20 partidas sem derrotas da equipe, um recorde nacional.

"Estamos jogando bem na defesa neste torneio, e isso nos dá moral", disse Marquez. "A Argentina é um grande time, e nós precisamos repetir o que fizemos em nossos últimos três jogos", avisou.

Favoritismo

A Argentina, apesar de ter somado os mesmos sete pontos do México na fase de classificação, chega à semifinal como grande favorita – venceu Tunísia e Austrália e empatou por dois gols com a Alemanha.

1. Spieltag Confederations Cup 2005: Argentinien : Tunesien: Riquelme schiesst das 1:0

Riquelme: cérebro argentino

A seleção portenha marcou oito gols em três partidas, e tem em Riquelme a sua grande figura no meio-campo. Na frente, Figueroa é quem mais tem brilhado.

"Estamos construindo um time muito forte", afirmou o treinador José Pekerman. "E por isso queremos ir à final".

O único problema dos argentinos é na defesa, setor que estará carente de Walter Samuel, jogador do Real Madrid. Ele está suspenso pelo acúmulo de cartões amarelos e dá lugar a Gabriel Milito. Santana, mesmo com dores musculares, está confirmado no meio.

MÉXICO x ARGENTINA

Data: 26/6/2005 (Domingo)

Local: Sachsenstadion, em Hannover

Horário: 13h (Brasília)

Árbitro: Roberto Rosetti (Itália)

México

Sanchez; Mario Mendez, Osorio e Rafa Marquez; Zinha, Pardo, Pineda, Ramon Morales e Carlos Salcido; Borgetti e Fonseca

Técnico: Ricardo Lavolpe

Argentina

Lux; Zanetti, Coloccini, Gabriel Milito e Heinze; Mario Santana, Cambiasso, Riquelme e Sorin; Tevez e Figueroa Técnico: José Pekerman

Leia mais