Luiz Gustavo afirma que gostaria de defender a seleção alemã | Leia as principais notícias sobre o futebol internacional | DW | 22.01.2011
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

Luiz Gustavo afirma que gostaria de defender a seleção alemã

Em entrevista à Deutsche Welle, o volante brasileiro diz que gostaria de jogar pela seleção alemã na Copa de 2014, que será disputada no Brasil: "Se eu puder vestir o uniforme alemão, darei tudo pela Alemanha".

default

Luiz Gustavo assegura já estar ambientado em Munique

O meio-campista brasileiro Luiz Gustavo, do Bayern de Munique, declarou à Deutsche Welle que gostaria de jogar pela seleção alemã. "Jogar na seleção nacional é o sonho de todo jogador", afirmou.

Ele disse que estaria disposto a ir ao Brasil, em 2014, disputar a Copa do Mundo por uma outra nação. "Seria uma sensação muito boa poder jogar com o uniforme alemão."

Luiz Gustavo, de 23 anos, chegou à Alemanha em 2007, contratado pelo Hoffenheim, clube que então ainda disputava a Segunda Divisão. Ele é formado pelas categorias de base do Corinthians de Alagoas e jogou no CRB antes de vir para a Alemanha.

Deutsche Welle: Olá, Luiz. Satisfeito em Munique?

Luiz Gustavo: Muito. Está tudo bem em relação à cidade e também na equipe. Creio que, à medida que passem os dias, minha vida aqui ficará cada vez melhor.

Luiz Gustavo

No Bayern, volante poderá ser escalado na lateral esquerda

Você já está há algumas semanas no Bayern. Como se sente?

Agora está tudo muito melhor, eu já me acostumei. No início tudo era diferente, mas acredito que, com um pouco mais de tempo, vou estar em muito boa forma.

Louis van Gaal tem fama de ser um treinador muito disciplinado e severo. Como você está se entendendo com ele?

É verdade, o treinador é muito disciplinado e gosta de seriedade, mas eu também sou um jogador muito disciplinado e acredito que estamos nos dando bem. O que sei é que posso aprender muito com ele.

No Bayern, querem que você jogue na lateral esquerda e não no meio de campo, como vem jogando nos últimos anos. O que pensa disso?

Minha posição preferida é o meio de campo, mas acredito que também posso me sair bem como lateral. O que mais quero é ajudar o Bayern onde for necessário.

É isso mesmo o que você mais deseja?

Claro que eu gostaria de jogar no meio, Van Gaal também sabe que quero muito jogar no meio do campo, na minha antiga posição. Mas sei que ali o Bayern tem jogadores muito bons, como Van Bommel, Schweinsteiger ou Tymoshchuk. Estou tranquilo e procuro fazer meu trabalho, pois estou convencido de que a oportunidade virá.

Talvez haja vantagens em jogar como lateral esquerdo. É uma posição na qual a seleção alemã necessita de jogadores e é provável que assim você tenha mais chances de ser convocado.

Pode ser, mas no momento não penso nisso. Agora estou concentrado no meu trabalho no Bayern e deixo as coisas acontecerem naturalmente.

Mas jogar na seleção alemã segue sendo um objetivo?

Jogar na seleção nacional é o sonho de todo jogador. Eu sou brasileiro, mas já vivo há quatro anos na Alemanha e gosto muito do país, da sua mentalidade e do seu futebol. Talvez aconteça, nunca se sabe o que vai acontecer amanhã.

Hoffenheims Luiz Gustavo spielt den Ball

No Hoffenheim, em 2010, clube que o projetou na Alemanha

O Mundial de 2014 será disputado na sua pátria. Não seria um sentimento estranho jogar no Brasil com o uniforme da seleção alemã?

Não, seria algo normal. É como eu disse: estou muito feliz na Alemanha, nesses quatro anos que estou aqui aprendi muito e vivi coisas muito boas. Seria uma sensação muito boa poder jogar com o uniforme alemão.

Quer dizer que você estaria disposto a ir ao Brasil defender as cores da Alemanha?

Sim. Se eu puder vestir o uniforme alemão, darei tudo pela Alemanha.

A direção da Federação Alemã de Futebol já sabe desse seu desejo?

Creio que sim.

De volta ao Bayern: quanto tempo será necessário para ser titular?

Não sei, não se pode dizer isso. Temos que deixar as coisas acontecerem.

Você sabia que você é o jogador da Bundesliga que mais se valorizou no último semestre?

Sim, ouvi algo sobre isso e isso me deixa muito feliz e me motiva muito. Além disso, estou no clube em que sempre quis estar, o Bayern de Munique.

E é com ele que você vai jogar no cenário internacional.

Jogar a Liga dos Campeões significa muito para mim. É uma coisa diferente, uma sensação que eu ainda não experimentei e que finalmente chega. Vou gostar muito e ficar muito feliz por estar entre os grandes.

Entrevista: Daniel Martínez (as)
Revisão: Carlos Albuquerque

Leia mais