1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Love Parade retorna às ruas de Berlim

Depois de uma pausa de dois anos, a Love Parade voltará a incendiar as ruas de Berlim no verão europeu deste ano. O megaevento tecno acontecerá em 15 de julho e será turbinado por mais de 40 sound trucks.

default

Organizadores esperam reunir mais de um milhão de ravers de todo o mundo

A informação foi divulgada pelo porta-voz da organização da Love Parade, Maurice Maué, esta semana em Berlim. A rave deverá seguir de novo, como nos anos anteriores, a sua rota tradicional pela rua 17 de Junho, famosa pela Coluna da Vitória.

Os organizadores esperam reunir mais de um milhão de ravers de todo o mundo em Berlim apenas seis dias após o final da Copa do Mundo. "A Love Parade está viva", afirmou o DJ Matthias Roeingh, conhecido como Dr. Motte, fundador e um dos organizadores da festa. "Há uma grande expectativa pela volta."

Who is who

Dr. Motte

Dr. Motte, um dos nomes por trás da festa

Segundo ele, o objetivo é mostrar o "who is who" da cena tecno mundial. Dr. Motte explicou ainda que a festa deste ano estará aberta a toda a cena musical eletrônica.

Mas os patrocínios já confirmados, de 1 milhão de euros, ainda não são suficientes para cobrir os custos, orçados entre 2 milhões e 2,5 milhões de euros. O principal patrocinador é o empresário Rainer Schaller, proprietário da McFit, uma rede de academias de ginástica.

A grande novidade deste ano é que os carros de som e o equipamento eletrônico estarão disponíveis de graça para os clubes. As inscrições serão feitas pela internet, no site da Love Parade. Um júri e os visitantes da página decidirão quais clubes deverão tocar na festa.

Retorno

Love Parade in Berlin Siegessäule

No auge, mais de 1,5 milhão de participantes

Esta será a 16ª edição do evento que, no seu auge, nos anos 90, chegou a reunir mais de 1,5 milhão de pessoas. A Love Parade surgiu em 1989 e, naquele ano, reuniu só cerca de 200 pessoas na Kurfürstendamm, outra tradicional via berlinense.

Em 2001, a festa perdeu o status de demonstração pública e não pôde mais acontecer às custas de serviços públicos, como segurança e limpeza, por exemplo. Os próprios organizadores devem providenciar a limpeza das ruas e parques e a segurança dos participantes. Apenas a limpeza do Tiergarten é estimada em 600 mil euros. Isso levou ao colapso do evento, cancelado nos últimos dois anos.

Leia mais

Links externos