1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Lord Russell-Johnston critica Israel no Conselho da Europa

Lord Russell-Johnston, ex-presidente da Assembléia Parlamentar do Conselho da Europa, questionou o comportamento de Israel no conflito com os palestinos.

No seu discurso de despedida da presidência da Assembléia Parlamentar do Conselho da Europa, nesta segunda-feira em Estrasburgo, Lord Russell-Johnston condenou o comportamento dos israelenses nos territórios palestinos, declarando estar preocupado com os recentes atos de violência. Embora admita não possuir a receita para acabar com os atentados suicidas dos palestinos, Russell-Johnston garantiu que Israel não conseguirá solucionar o conflito com o envio noturno de tratores para destruir as casas palestinas.

O ex-presidente da Assembléia Parlamentar do Conselho da Europa advertiu o ministro das Relações Exteriores de Israel, Schimon Peres, de que tenha cuidado para não se tornar um relações-públicas da política de repressão do primeiro-ministro Ariel Scharon.

Na próxima quarta-feira (23), Peres fará um pronunciamento na Assembléia Parlamentar do Conselho da Europa. Segundo Lord Russell-Johnston, ainda não foi confirmada a presença de nenhum representante palestino: "Seria muito proveitoso se ambas as partes pudessem dialogar nesta ocasião." A Assembléia Parlamentar é composta de 408 deputados dos 43 países-membros do Conselho da Europa.