1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Lixo atômico reprocessado volta de La Hague para a Suíça

Pela primeira vez na história, um contêiner contendo lixo atômico reprocessado deixou a usina La Hague, na França, em direção à Suíça. O vagão que transporta 11 toneladas de lixo atômico deixou a estação de Balognes, próxima à usina, na manhã desta terça-feira, devendo chegar a seu destino final - o depósito de Würenlingen, aos arredores de Zurique - na próxima quarta-feira.

Segundo informações da Cogema, a empresa que coordena o trabalho de reprocessamento em La Hague, estão planejados ainda entre dez a 12 transportes de lixo reprocessado de volta à Suíça. Estes devem acontecer uma ou duas vezes por ano.

Um grupo de ativistas do Greenpeace protestou na estação de Valognes durante a saída dos vagões. Segundo a organização, o depósito temporário de Würenlingen não cumpre todas as condições de segurança exigidas para a manutenção do material altamente radioativo. O depósito encontra-se nas imediações da pista de aterrissagem do aeroporto Zurique-Klothen e "seu teto não é estável o suficiente para resistir à queda de um avião", afirmou um porta-voz do Greenpeace.

A Suíça é, ao lado da Alemanha e do Japão, o terceiro maior cliente da usina de reprocessamento de lixo atômico La Hague.