1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Livros portugueses são apresentados na Bienal de São Paulo

Dezesseis editoras e três institutos portugueses estão presentes na 17ª Bienal do Livro de São Paulo, que começa nesta quinta-feira (25) e se estende até 5 de maio. Um pavilhão de 250 m² acolhe os expositores portugueses: entre outros, o Instituto Camões (IC), o Instituto Português do Livro e da Biblioteca (IPLB) e o ICEP Portugal. O ICEP também é o responsável pela organização do stand coletivo de Portugal.

Desde a sua primeira edição, a Bienal de São Paulo conta com participação portuguesa. Este ano, são as seguintes as editoras de Portugal presentes ao evento: Almedina, Climepsi Editores, Coimbra Editores, Dinapress, Ebradil, ECM - Edições Convite à Música, Edições 70, Editorial Presença, F.G.P. Editores, Impala Editores, Imprensa Nacional – Casa da Moeda, Livros Cotovia, Porto Editora, Publicações Europa-América, Quarteto Editora e Sodilivros.

Durante a Bienal, os participantes procuram celebrar e consolidar negócios que permitam o aproveitamento das oportunidades existentes para o livro português no mercado brasileiro. A Bienal de São Paulo está aberta ao público em geral, atraindo em especial professores, editores, livreiros e bibliófilos.