1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Lisicki, a nova estrela do tênis alemão

Décadas após a "era de ouro" do tênis alemão, com estrelas como Boris Becker e Steffi Graf, Alemanha volta a ter um grande nome no esporte. Pela primeira vez desde 1999, uma jogadora do país está na final em Wimbledon.

Ela se chama Sabine Katharina Lisicki, tem 23 anos, é a número 23 no ranking das tenistas profissionais, e está sendo a grande estrela no sagrado gramado de Wimbledon, em Londres, após derrotar a número 1 do tênis mundial, Serena Williams, nas oitavas de final, e a número 4 do mundo, Agnieszka Radwanska, na semifinal. E nas duas vezes mostrou grande capacidade de reação, recuperando uma desvantagem de 3 a 0 no set decisivo. Na final deste sábado (06/07), a alemã é a favorita contra a francesa Marion Bartoli, 15ª do ranking.

A loira de tranças e 1,78m de altura tem a seu lado não só a torcida alemã. Sua simpatia conquistou também os ingleses. "Sua tendência de sorrir – e de vencer – nos momentos mais inesperados fez dela a grande surpresa dos últimos 14 dias", escreve o jornal The Times nesta sexta-feira. O sensacionalista The Sun titulou: "Sab Fab! Fantástica Lisicki enfrenta a apática Bartoli".

"Simplesmente amo tudo isso, poder pisar neste lugar", diz a jogadora, entusiasmada e sem receio de deixar as emoções fluírem na quadra.

Não é a primeira vez que ela causa furor em Wimbledon. Ainda em 2011, a jogadora chegou à semifinal do torneio. Agora, é a primeira alemã a chegar à final de Wimbledon desde Steffi Graff, em 1999.

Raízes polonesas

Os pais de Lisicki são naturais da Polônia e migraram para a Alemanha antes do nascimento da filha. A mãe, Elisabeth, é professora de artes. O pai, Richard, formado em História, largou a carreira para ser professor de tênis. Seu trabalho de doutorado teve o longo e preciso título "Métodos de treinamento para desenvolver velocidade de impacto, mantendo a precisão da batida".

Wimbledon Championships Serena Williams

Lisicki na vitória na semifinal contra a americana Serena Williams

Sabine nasceu em 22 de setembro de 1989 em Troisdorf, ao sul de Colônia, no oeste alemão. Ela começou a treinar com o pai aos 7 anos, mas só se tornaria conhecida em nível internacional em janeiro de 2008, no Aberto da Austrália.

Então com 18 anos de idade, ela ganhou três partidas nas qualificatórias, derrotou Dinara Safina, irmã do lendário russo Marat Safin, na primeira rodada e avançou mais duas etapas até deixar o torneio.

Em outubro de 2008, no Uzbequistão, alcançou sua primeira final. Seis meses depois, comemorava em Charleston (EUA) a primeira vitória individual. Depois disso, ela ganhou apenas dois torneios individuais e dois em dupla.

Sabine passa a maior parte do seu tempo na Flórida, onde treina com Nick Bollettieri. Durante os torneios, ela é quase sempre acompanhada por uma equipe formada pelo treinador, o belga Wim Fissette, de 33 anos, pelo fisioterapeuta, pelos pais, e muitas vezes também por Barbara Rittner, treinadora da equipe alemã de tênis feminino.

"Pra mim, isso é o mais importante. Nós ficamos todos em uma mesma casa. Cozinhamos juntos, comemos juntos, nos divertimos juntos", disse Lisicki. "Isso me faz um bem inimaginável e por isso eu consigo jogar bem."

Leia mais