1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Brasil

Liminar suspende depoimentos de Lula e Marisa sobre triplex

Conselho Nacional do Ministério Público adia testemunho do ex-presidente e esposa sobre apartamento no Guarujá. Decisão é tomada após deputado petista contestar a imparcialidade do promotor encarregado do caso.

O depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, marcado para esta quarta-feira (17/02) em São Paulo, foi suspenso por uma liminar do Conselho Nacional do Ministério Público.

Lula e também sua esposa, Marisa Letícia, iriam depor sobre o

apartamento triplex num condomínio do Guarujá

. Segundo suspeitas do Ministério Público, houve tentativa de ocultar o nome do proprietário – o próprio ex-presidente –, o que poderia caracterizar crime de lavagem de dinheiro.

A suspensão veio após representação do deputado petista Paulo Teixeira, que acusa o promotor Cássio Cesarino de prejulgar sua decisão ao conceder uma entrevista à revista Veja, antes mesmo de ouvir os depoimentos.

A representação afirma que o promotor "ofereceu a primazia de suas conclusões antecipadas à revista Veja, veículo de imprensa notoriamente engajado na persecução pessoal e política do ex-presidente Lula e do Partido dos Trabalhadores".

Teixeira afirma que Cesarino foi além de suas prerrogativas e pôs em dúvida a sua imparcialidade de no caso, afirmando se tratar de uma "flagrante perseguição política". Além disso, o deputado alega que a notificação para que Lula e Marisa fossem ouvidos "poderia ocasionar consequências de difícil ou impossível reparação".

O conselheiro responsável pela decisão, Valter Shuenquener de Araújo, informou que os depoimentos estão suspensos até que o plenário do Conselho Nacional do Ministério Público delibere sobre o assunto.

RC/lusa/abr

Leia mais