Libra atinge menor patamar em mais de 30 anos | Notícias e análises sobre a economia brasileira e mundial | DW | 06.07.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Libra atinge menor patamar em mais de 30 anos

Moeda britânica fica abaixo de 1,30 dólar pela primeira vez desde 1985, refletindo clima de incerteza econômica após decisão a favor do Brexit em referendo. Banco da Inglaterra tenta acalmar mercados.

Em meio à incerteza econômica gerada pela decisão de o Reino Unido deixar a União Europeia (UE), a libra esterlina ficou abaixo de 1,30 dólar pela primeira vez desde 1985. A moeda atingiu a marca de 1,27 dólar na manhã desta quarta-feira (06/07) – cerca de 15% a menos que a cotação registrada antes do referendo sobre o Brexit, realizado no último dia 23 de junho.

Assistir ao vídeo 02:32
Ao vivo agora
02:32 min

E agora, Brexit?

O diretor do Banco da Inglaterra (banco central), Mark Carney, havia advertido nesta terça-feira sobre os riscos da decisão a favor da saída do Reino Unido da UE para a estabilidade financeira e previsto um enfraquecimento considerável do crescimento econômico do país. Segundo Carney, alguns desses riscos já começaram a se cristalizar.

Para assegurar aos mercados de que evitaria uma repetição da crise financeira de 2007 e 2008, o Banco da Inglaterra liberou mais capital para empréstimos a empresas e famílias, mas não conseguiu impedir que investidores vendessem libra.

Após o referendo do Brexit, os mercados financeiros foram tomados por uma onda de incerteza, com investidores recorrendo à segurança da divisa americana diante da iminente saída britânica da UE. É o dólar que sente com mais força a aversão dos investidores ao risco.

A incerteza política também aumentou no país depois que duas figuras-chave da campanha pelo Brexit saíram de cena após o referendo. O ex-prefeito de Londres Boris Johnson anunciou na semana passada que não apresentaria sua candidatura à liderança do Partido Conservador e ao cargo de primeiro-ministro, como sucessor de David Cameron. O eurodeputado Nigel Farage, por sua vez, renunciou à liderança do Partido da Independência do Reino Unido (Ukip).

Em relação ao iene, na manhã desta quarta-feira a libra ficou abaixo da marca de 131,00 pela primeira vez desde 2012. Já a moeda comum europeia alcançou o maior valor em relação à britânica dos últimos dois anos e meio, com um euro valendo 0,85 libra.

LPF/dpa/rtr/ap

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados