1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

LIBERDADE DE IMPRENSA

Nossos leitores escreveram esta semana sobre a liberdade de imprensa, música, Universidade Mundial do Trabalho e energia nuclear e eólica. Confira aqui!

default

A liberdade de imprensa é salutar para diversas discussões e assuntos. Entretanto, sob esse pretexto, não se pode extrapolar, denegrir, difamar ou ridicularizar terceiros. Deve- se ter liberdade mas também respeito, pois o que é importante e sagrado para uns também o é para outros. Acho que a imprensa é muito nobre e importante para a união dos povos e não para servir de canal de discórida e desunião da humanidade. Parabéns a todo o povo alemão, pois apesar de algumas diferenças, tem conosco, brasileiros, muitas coisas em comum.
Mauro T.

A liberdade de imprensa não é infinita. Ela acaba quando começa o respeito pelo ser humano, pelas nações e religiões. Não sou muçulmano, sou católico e repudio a brincadeira de mau gosto do jornal dinamarquês. Se isso continuar, quem sabe algum idiota ainda publica uma charge da rainha fazendo algo que não agrade aos dinamarqueses, por isso devemos respeitar a todos e conviver pacificamente.
José Egydio

Liberdade de imprensa para mim é uma piada. A imprensa se julga acima do resto da humaninade. E, com isso, demonstra falta de ética disfarçada de "liberdade". Gostaria de ver a cara de tacho dos chargistas agora, morrendo de medo e arrependidos de ter nascido. É patético!
Gisela Nouer

Gostaria de me reportar a um episódio ocorrido no Brasil, em que um pastor de uma igreja evangélica chutou a imagem de Nossa Sra. Aparecida. A polêmica foi grande e o tal pastor foi afastado de suas "funções". Imagine se acaso no Oriente fizessem caricaturas de Jesus e da Sagrada Família, causaria indignação no mundo cristão. Não simpatizo com nenhuma espécie de fanático, seja de qualquer crença. Se o papel da imprensa fosse maior na divulgação da cultura e não veículo de divulgação doutrinária, o mundo seria bem melhor.
Ariovaldo Luciano

Não vejo problemas em se satirizar símbolos religiosos, mas o que faltou no caso das charges sobre Maomé foi bom senso. O mundo está conturbado por conflitos religiosos, principalmente no que diz respeito ao mundo muçulmano, tudo poderá e será usado contra todos que de forma direta ou indireta os ameaçam ou satirizam sua crença. O que não falta são exemplos negativos do fanatismo religioso que grande parte dos muçulmanos cometem, então acho que foi de extremo mau gosto a publicação desta charge na Dinamarca. Espero que a lição não tenha vindo tarde demais.
Marvenic

O Ocidente sempre teve dificuldades em aceitar culturas diferentes. Matou incas, astecas, maias, índios, negros, soltou bombas atômicas em cidades habitadas por civis e crianças, sempre culpando a burrice e teimosia dos outros (de quererem existir?). Ninguém, muito menos a imprensa, tem o direito de inventar fatos para criar crises. As charges eram evitáveis. Bastava um pouco de bom senso e humanismo.
Zeno

Se símbolos religiosos não puderem ser satirizados em respeito à religião, então não se poderá satirizar políticos em respeito à política e à ideologia, nem satirizar artistas em respeito à arte, nem qualquer figura pública em respeito ao público... Então "não satirizarás" virou o décimo-primeiro mandamento? Os islâmicos deveriam se revoltar em primeiro lugar contra os terroristas que cometem assassinatos ao vivo e em cores em nome de Alá e do profeta!
V. Kron

Tenho apenas um unico comentário: é uma pena que o mundo islâmico não tenha protestado com tanta veemência na ocasião dos atentados ao World Trade Center e a estação de trem em Madri. Todos eles perpetuados em nome de Maomé.
Selmo Felipe

MÚSICA POPULAR NA DITADURA

Acredito que as repressões instigam a vontade do povo de contrariar as regras, fazendo com que as pessoas sejam mais produtivas, tendo uma inspiração "extra". No começo da ditadura, o movimento musical denominado MPB estava engatinhando, e cresceu incrivelmente durante toda a ditadura. Além das belas harmonias e melodias, mostrou grande inteligência por parte dos compositores, conseguindo manifestar-se contra a ditadura de uma forma poética, passando pela censura despercebidos. Enfim, repressão houve, mas a criatividade do sofrido povo brasileiro foi superior, assim como a de outros povos, pois sempre cria uma nova forma de manifestação artística.
Danilo Hecht

ENERGIA NUCLEAR
O uso da energia nuclear é um grande avanço para a humanidade. Porém a natureza humana não está amadurecida para ter o domínio de uma tecnologia tão potencialmente destrutiva, e não existem garantias quanto ao seu uso exclusivo para fins pacíficos e de conservação do meio ambiente. Uma arma de dois gumes!
Petusia

UNIVERSIDADE MUNDIAL DO TRABALHO
A idéia é excelente. Somente agindo de forma articulada, os trabalhadores/ras de todo o mundo conseguirão resistir às pressões cada vez mais fortes do mercado globalizado. Construindo, assim, uma sociedade que prima cada vez mais pela individualidade, enfraquecendo valores fundamentais do ser humano como o respeito e a solidariedade. Gostaria de receber mais informações sobre esta experiência, estou concluindo o mestrado em Educação e analisando temas como o mercado de trabalho e as transformações que tem sofrido ao longo dos anos 90.
Marcos Lima

ENERGIA EÓLICA
A energia eólica pode dar certo, sim, na Alemanha, contanto que tudo seja bastante planejado. Os "Quixotes" irão reclamar e devem, pois é um direito de todo urbanista diminuir a poluição visual de sua cidade, de todo ambientalista cuidar da poluição sonora. As fontes tradicionais de energia mais utilizadas pelo homem estão com os seus dias contados. Eu ainda acho que a energia solar é a melhor opção para o abastecimento residencial. No Brasil isso é muito caro, e o nosso vasto e lindo litoral não cederia o lugar de seus coqueiros aos moinhos de vento de uma multinacional.... Ainda bem que somos auto-sustentáveis em energia e podemos continuar a beber água de coco em Itapuã. É isso.
Nadja Nara