1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Leverkusen quer se reabilitar contra Manchester

Frustado com a derrota no campeonato alemão, o Bayer Leverkusen recebe na terça-feira o Manchester, na segunda partida da semifinal da Liga dos Campeões. Na primeira houve empate de 2 a 2.

default

Veron (Manchester United), à esquerda, e Placente (Bayer Leverkusen): dois argentinos numa disputa de bola no primeiro jogo da semifinal da Liga dos Campeões

"Será um osso duro de roer, mas vamos tentar tirar partido da nossa vantagem", declarou Klaus Toppmöller, técnico do Bayer Leverkusen. De fato, o resultado de 2 a 2 da partida de ida favorece o time alemão: basta um empate de 1 a 1 para chegar à final da Liga dos Campeões.

A receita do técnico alemão é bem simples: "armar bem a defesa, jogar compacto e esperar o adversário", pois o Manchester será obrigado a atacar. Foi atuando dessa forma que o Leverkusen conseguiu derrotar o La Coruña e empatar com o Manchester.

Além disso, depois da derrota de 1 a 0 para o Nürnberg, que pode ter posto abaixo o sonho de ganhar o campeonato alemão, o Leverkusen deverá "descarregar sobre o Manchester toda a sua frustração", garante o diretor de futebol, Reiner Calmund.

A grande dúvida do técnico Toppmöller é saber se contará com o meia Michael Ballack, organizador das jogadas e cérebro do time. Ele sofreu uma luxação no pé, no jogo contra o Nürnberg e mal consegue andar.

Várias contusões irão desfalcar também o Manchester United. Mas o time inglês terá a volta do seu capitão, o irlandês Roy Keane, sarado da sua contusão no joelho. Ele está confiante numa vitória contra o Leverkusen e afirma que a grande força do seu time é a vontade de vencer.