Leverkusen hiberna como campeão do primeiro turno | Siga a cobertura dos principais eventos esportivos mundiais | DW | 21.12.2009
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Leverkusen hiberna como campeão do primeiro turno

Pela segunda vez em sua história, o Bayer Leverkusen ocupa a liderança do campeonato alemão durante o recesso de inverno. Segundo turno começa dia 15 de janeiro.

default

Leverkusen é líder durante pausa de inverno

Frequentemente ridicularizado como o eterno vice-campeão, o Bayer Leverkusen conseguiu conquistar o título simbólico de campeão do primeiro turno, pela segunda vez em sua história – a primeira foi na temporada 2001/2002. O clube vai para o recesso de inverno como líder do campeonato alemão, após ter derrotado, em casa, o Borussia Mönchengladbach por 3 a 2.

"Estamos na primeira posição da tabela. Isto é o mais importante para mim, não o título de campeão de outono", desdenhou o técnico Jupp Heynckes. Com 35 pontos, a equipe do Bayer Leverkusen está um ponto à frente do Shalke, segundo classificado, que venceu o Mainz na sexta-feira por 1 a 0.

FC Bayern München - Hertha BSC Berlin

Mario Gomez marcou um na goleada contra o Hertha

Bayern de Munique continua no páreo

O Bayern de Munique entra na pausa de inverno como terceiro da tabela (33 pontos). O recordista de títulos da Bundesliga não se deixou perturbar em sua rota para um próximo título e despachou para casa o lanterninha do campeonato, Hertha Berlim, com uma goleada de 5 a 2. A equipe dirigida por Louis van Gaal comemorou sua quarta vitória consecutiva sobre o time da capital alemã, já um sério candidato ao rebaixamento, com seis pontos acumulados em 17 rodadas.

O técnico do clube bávaro se disse satisfeito com o desempenho do time no primeiro turno. "Em geral, não jogamos tão mal assim. No começo, os resultados não foram muito bons e é por isso que ficamos para trás. Mas no final, as pessoas viram que sabemos jogar futebol", afirmou Van Gaal.

Hamburgo vence clássico nórdico

O Hamburgo conseguiu sair de sua minicrise, ao vencer de forma suada por 2 a 1 o clássico do norte alemão contra o Werder Bremen, que não conseguiu aproveitar a vantagem de ter, por quase uma hora inteira, um jogador a mais em campo. Jerome Boateng levou cartão vermelho aos 32 minutos do primeiro tempo. Até então, o placar marcava 1 a 0 para o time de Hamburgo.

Apenas alguns minutos após a expulsão, Marcell Jansen aproveitou uma falha do goleiro Tim Wiese para marcar o segundo gol do Hamburgo. Apesar de o Bremen ter dominado nos minutos seguintes, apenas no terceiro minuto dos acréscimos o time conseguiu diminuir a diferença no placar. O Hamburgo permanece, assim, entre os quatro primeiros, enquanto o Bremen perde terreno e fica em sexto, após sofrer a segunda derrota seguida.

Dortmund comemora centenário

O Borussia Dortmund derrotou o Freiburg com uma vitória magra de 1 a 0 e pôde comemorar, assim, o aniversário de 100 anos de fundação do clube. Os dez jogos seguidos sem derrota levaram o Borussia ao quinto lugar da tabela.

O Wolfsburg, atual campeão, não passou do empate de 2 a 2 contra o Eintracht Frankfurt. O time do técnico Armin Veh amargou o quinto jogo seguido sem vitória.

Bochum ganha de virada

Três gols tardios trouxeram a vitória e os três pontos desejados ao Bochum do treinador Heiko Herrlich. O time coroou com uma virada sensacional sua corrida de recuperação na tabela da Bundesliga. Apesar de estar perdendo por 2 a 0 no primeiro tempo, a equipe fez três gols depois da pausa e venceu o Hannover por 3 a 2. "Conseguir superar uma desvantagem de dois gols na nossa situação não é fácil. Todos puderam ver que a equipe está coesa, que tem força de vontade e que confia em si mesmo", disse Herrlich.

Na vitória de 3 a 0 sobre o Nürnberg, o Colônia marcou seus gols número oito, nove e dez na temporada. Nürnberg caminha, enquanto isso, a passos largos rumo ao rebaixamento, ocupando a penúltima posição da tabela. Lukas Podolski completou 1061 minutos sem marcar com a camisa do Colônia.

Já o Stuttgart reuniu novas esperanças na luta contra o rebaixamento. Com um merecido 3 a 1 em casa sobre o Hoffenheim, o clube quebrou a série de nove jogos sem vitória.

Autor: Calle Kops/Tobias Oelmaier (md)

Revisão: Roselaine Wandscheer

Leia mais