1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Lesão de Amoroso é mais grave que o imaginado

Problema no tendão ressurge e atacante desfalcará Borussia Dortmund no início da temporada. França sofre lesão e Bayer Leverkusen o autoriza a tratar-se no Brasil. Paulo Rink pode ser recontratado para substituí-lo.

default

Amoroso (esq.) comemora com o também brasileiro Éwerthon um de seus gols pelo Dortmund

As esperanças no Borussia Dortmund foram em vão. O clube terá de abrir mesmo mão no início da nova temporada do artilheiro do último Campeonato Alemão, com 18 gols. Dirigentes e comissão técnica não haviam levado muita fé no parecer do médico particular de Amoroso, Rivaldo Baldo, de que, nas próximas seis semanas, o atacante só poderia fazer aqua-jogging.

A desconfiança fez o técnico Matthias Sammer exigir que o brasileiro fosse examinado pelo ortopedista Hans-Wilhelm Müller-Wohlfahrt, da Seleção Alemã e do Bayern de Munique. Nesta sexta-feira, o médico esportivo mais prestigiado da Alemanha confirmou o laudo. Amoroso apresenta uma dolorosa inflamação no tendão de Aquiles e só poderá retomar os treinos em quatro a seis semanas. É possível que, assim, ele desfalque o campeão alemão por até três meses.

O problema não é novo. Da outra vez, Amoroso ficou dez semanas sem jogar, quando ainda estava no Parma, da Itália. Desde o começo dos preparativos para a próxima temporada, o atacante de 28 anos vinha reclamando de dores. Há poucos dias, Amoroso voou para a ilha de Capri, no litoral italiano, para ser examinado por Baldo e submeter-se a uma terapia com água salgada.

França e Paulo Rink – Más notícias também para o Bayer Leverkusen. O clube confirmou nesta sexta-feira que o atacante França, recém-contratado ao São Paulo por 8,5 milhões de euros, sofreu uma lesão nos ligamentos de trás do joelho após ter caído durante um treino há poucos dias. O time encontra-se concentrado em Noordwijk, no litoral holandês.

Embora o caso não requeira cirurgia, nem seja especialmente grave, França recebeu autorização para tratar-se no Brasil. A medida foi aconselhada pelo fisioterapeuta Dieter Trzolek. "França está há pouco tempo aqui e ainda não se ambientou. Em casa, é sempre melhor. Por razões psicológicas, é correto que ele vá tratar-se no Brasil", defendeu Trzolek. "Lá ele tem sua família e encontrará a necessária tranqüilidade", declarou também um porta-voz do clube.

A princípio, acredita-se que França ficará afastado duas semanas. Mas, ao que parece, a diretoria do Leverkusen está preocupada com a possibilidade de o desfalque demorar mais. Segundo o ex-atacante do clube Paulo Rink, ele foi procurado já nesta sexta-feira para conversar sobre um eventual novo contrato. "Cheguei hoje do Brasil e me telefonaram", contou o paranaense ao DW-WORLD.

Rink disse ter ficado feliz, apesar de já ter uma oferta para transferir-se para o Verona, da Itália. "Prefiro ficar na Alemanha, pois já tenho minha vida organizada em Leverkusen. Além disto, o salário aqui é melhor do que na Itália", declarou o atacante, que na temporada passada havia sido liberado pelo Leverkusen e se transferido para o Nürnberg, com um contrato válido apenas para o último campeonato.

Leia mais