1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Leitores bombardeiam a redação da DW-WORLD

A guerra começou e leitores da DW-WORLD enviaram suas opiniões por e-mail. Muitos questionam o futuro da ONU, outros elogiam a resistência européia à guerra, mas a maioria aproveitou para criticar a política americana.*

Saudações à "Velha Europa" – Gostaria muito que a Alemanha e a França tivessem tido força para impedir a loucura norte-americana. Porém, quando se trata de petróleo, Bush parece cego e capaz de seguir atropelando quem quer que esteja em seu caminho. Infelizmente, os EUA são uma potência militar e não há ninguém que, com um simples veto, possa representar alguma ameaça à "Nação Cega Americana". Infelizmente. – Bruna Leanza , Brasil

É impressionante como o governo dos EUA joga em todas as frentes, inclusive as mais baixas, para defender seus interesses. A "Velha Europa", amplamente criticada naquele país, significa, na verdade, o amálgama de idéias de vanguarda em busca de um mundo melhor, justo. A Alemanha e a França sabem o que é ter seu território arrasado, bombas cruzando o céu, miséria e destruição por toda parte. A política franco-alemã não está equivocada em defender a paz. Se houver um boicote comercial e ideológico por parte dos EUA, então que a UE venha procurar alternativas na América Latina, por exemplo. – Luciano Lima Tavares, Brasil

Infelizmente o "senhor da guerra" não vai voltar atrás. Os EUA querem o domínio daquela região a qualquer custo e não estão preocupados com a morte de milhares de inocentes. Eles querem dividir a União Européia, o que, em parte, já conseguiram. O grande líder é o chefe de governo alemão, Gerhard Schröder, que desde o princípio esteve contra esta guerra absurda. – Francis, Brasil

O papel da ONU – A ONU, apesar de não ter uma força militar que possibilitasse sua ação autônoma, poderia ter feito algo melhor. Por exemplo, não ter retirado seu corpo de inspetores do Iraque, ter efetuado a votação do Conselho de Segurança nas datas previstas inicialmente, ter convocado uma assembléia geral, ter solicitado a intelectuais para que alertassem para os valores de convivência internacional que estavam em jogo. – Ricardo Torres Ramírez, Chile

Os americanos e os ingleses criaram a ONU e foram os primeiros a quebrar o contrato. A ONU tem a seguinte missão: assegurar a paz mundial. Isso significa estimular a convivência pacífica entre os povos e a solução pacífica de conflitos internacionais. – Cathrin Jones, Alemanha

Faz tempo que a ONU é apenas um clube de gentlemen. Lá se encontram representantes da elite política mundial para solucionar questões importantes, mas apenas no papel... – Ruslan Gilmetdinow, Rússia

Bush está certo – O presidente Bush está fazendo a única coisa que se pode fazer. Tirar do poder um ditador imprevisível, que possui armas de destruição em massa. Todo mundo está por trás deste negócio. Os franceses, os alemães, os russos, os EUA. Os iraquianos merecem algo melhor. Os Estados Unidos lhe darão esta oportunidade. – Sergio Potes

Se Saddam Hussein tivesse o menor interesse pelo seu povo, ele teria atendido às exigências dos aliados. Mas ele mostrou o que lhe interessa: riqueza e poder às custas de seu povo. É estranho, que em doze anos ninguém tenha protestado contra tanta injustiça. Pelo contrário, a Alemanha até fortaleceu esse tirano. E porque a Rússia e a França estão do lado de Hussein, também já sabemos. Eles são os maiores compradores do petróleo iraquiano. – Uschi Ruser, Alemanha

Arrogância dos EUA – Eu sou da opinião de que essa guerra não será a solução para nada, mas uma catástrofe. Eu posso compreender a raiva dos americanos, mas eles também deveriam tentar compreender a posição de outros países. Quem assumirá a responsabilidade pelas conseqüências desta guerra? Se tantos INOCENTES MORREM! Eu fico aqui sentada, com medo, e sei que minha opinião não conta e que eu não posso fazer mais nada para parar essa guerra. – Renee Handwerg, Alemanha

O presidente dos Estados Unidos quer se apoderar do petróleo, não lhe importam as vidas humanas. Se os iraquianos querem seu governante e estão felizes com ele, que os deixem em paz. Em relação às armas químicas e biológicas, se os inspetores da ONU fizeram seu trabalho e não encontraram armas perigosas, então não há crime para punir. Isso é atroz. Não é justo que este mercenário mate tantos inocentes. – José Federico F. S., México

O mundo já viu vários ditadores e sempre haverá outros. Mas a arrogância com que o governo de países como os Estados Unidos e o Reino Unido passaram por cima da grande maioria, me faz perguntar quem, na verdade, deveria ser contado entre os ditadores desse mundo. – J. Schulz, Nova Zelândia

Em hipótese alguma o governo dos EUA poderia ter decidido sozinho sobre o ataque ao Iraque. O que fica evidente é o crime de guerra perpetrado pelo ditador Bush, que, em sua ganância pelo poder político e econômico e pelo domínio do petróleo, fará com que o mundo presencie um novo holocausto. Lamenta-se que a Inglaterra continue aquela que trucidou Wallace. Saudações à Comunidade Européia. – Marina Ângelo, Brasil

Que tipo de democracia instaurarão os Estados Unidos no Iraque depois de ganharem este conflito? No Irã, eles colocaram o Xá no poder. No Chile, Pinochet. Talvez desta vez eles coloquem, como de costume, alguém que represente seus conhecidíssimos interesses na região. – Randall M. S., Costa Rica

É absolutamente injustificável este confronto bélico, baseado em decisões arbitrárias, por causa do suposto motivo da "segurança mundial". Na verdade, essa guerra é só para saciar a sede de poder do opressor, sem ter a mínima consideração pela existência humana, pela população civil que sofrerá esse ataque e a quem só resta rezar a Deus para escapar com vida. – Kenny, Nicarágua

*DW-WORLD se reserva o direito de selecionar e editar as mensagens publicadas, para facilitar a compreensão, e/ou reduzir o tamanho do texto. Correspondências que incitem à violência ou apelem a termos ofensivos não serão consideradas para publicação. As opiniões apresentadas nesta página são de exclusiva responsabilidade dos autores das mensagens.

Leia mais