1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Jogos Olímpicos

Leipzig faz visita de consolo a Atenas

Apesar do fracasso de sua candidatura para sediar os Jogos Olimpícos de 2012, a cidade de Leipzig deu um show com orquestra e delegação de 150 pessoas na capital grega.

default

Prefeito Wolfgang Tiefensee (e): gesto de gratidão

Leipzig não sediará os Jogos Olímpicos de 2012, como queria, mas nem por isso caiu em depressão. Pelo menos foi esta a impressão deixada pela delegação que o Ministério alemão do Interior e a prefeitura da cidade presentearam com uma "visita de consolação" a Atenas, na segunda-feira (23/8). Ao pé da Acrópolis, a famosa orquestra Gewandhaus empolgou um público de cinco mil pessoas, entre elas, a rainha Sofia, da Espanha.

Diante do antigo anfiteatro Herodes Atticus e sob a regência de Herbert Blomstedt, os músicos de Leipzig tocaram um concerto para violino e a primeira sinfonia de Johannes Brahms. O espetáculo comoveu até mesmo o ministro alemão do Interior, Otto Schily, normalmente nada emocional. "Se existisse medalha para o programa cultural das Olimpíadas, isso aqui teria merecido uma de ouro", disse Schily.

"Missão olímpica"

Além de 90 músicos, a delegação do "Dia de Leipzig em Atenas" foi integrada por 150 representantes que participaram da fracassada campanha para as Olimpíadas de 2012. Em nota à imprensa, a prefeitura fez questão de salientar que se tratava de uma "missão olímpica" para divulgar as qualidades de Leipzig no exterior. "Foi também um gesto de gratidão a todos aqueles que trabalharam pela nossa candidatura", admitiu o prefeito Wolfgang Tiefensee.

A programação de um dia foi um tanto apertada: embarque às 7:00 horas da manhã em Leipzig, passeio pela Acrópolis à tarde, concerto à noite, jantar com o embaixador alemão à meia-noite e vôo de retorno à Alemanha às 4:00 horas da madrugada. "Leipzig – Atenas – Atenas – Leipzig como nova disciplina olímpica", brincou Tiefensee. Os participantes do "passeio de consolação" voltaram para casa com olheiras – verdadeiros anéis olímpicos sob o olhar cansado.

Inicialmente planejada para divulgar Leipzig como sede das Olimpíadas de 2012, a viagem à capital grega acabou virando medida de marketing municipal. E Leipzig vendeu-se bem. O concerto lotado da orquestra Gewandhaus, de fato, foi uma das melhores atrações do programa cultural dos Jogos de Atenas.

Protestos

Montagsdemonstration in Leipzig

30 mil pessoas protestam contra reformas sociais em Leipzig

O jantar na residência do embaixador da Alemanha na Grécia foi tipicamente alemão, com chope, salsicha e bate-papo caseiro. As filas da cerveja e do único banheiro da casa eram longas. No início da madrugada, ainda apareceram alguns atletas e membros do Comitê Olímpico Alemão. Num telão instalado no jardim, os convidados puderam assistir à "noite olímpica" na TV alemã.

Ao final do "pulo a Atenas", todos se mostraram satisfeitos. O maestro da Gewandhaus, Herbert Blomstdet, elogiou sua orquestra em termos esportivos. "Tenho uma equipe fantástica", disse. "Sem este ato de gratidão da prefeitura, eu não teria vindo aqui para passar 24 horas em Atenas", disse Jörg Meinel, pequeno empresário que apoiou com móveis de sua fábrica a candidatura de Leipzig para sediar as Olimpíadas de 2012.

À "noite olímpica" seguiu o noticiário na TV alemã, com imagens dos protestos contra os cortes sociais na Alemanha. Coincidentemente, eram imagens das manifestações de segunda-feira em Leipzig.

Leia mais