1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

LEGALIZAÇÃO DA MACONHA

Nesta semana, os principais temas abordados por nossos usuários foram a legalização da maconha, o Brasil e a tecnologia da informação e a sucessão do papa.

default

Cannabis sativa

Sou um senhor de 58 anos e não tenho interesse na legalização da maconha para meu uso. Mas sou a favor da liberação pelos seguintes motivos:

1º - Se o álcool – que é droga pesada, causa dependência e males sociais bem maiores que a maconha – é legal, por que não liberar a maconha?

2º - Usar drogas é um direito de qualquer indivíduo. Desde que ele responda pelos erros cometidos sob seu efeito.

3º - Com a liberação, o preço cai e o dependente não tem que roubar para comprar a droga. Ele vai usá-la, legalizada ou não .

4º - Acabaria o tráfico de maconha (ou existe traficante de álcool?). A Lei Seca tentada pelos EUA é prova de que a proibição leva ao tráfico.

5º - O Estado daria assistência médica e psicológica aos dependentes e controlaria a qualidade da droga .

Ou se legaliza a maconha ... ou se criminaliza o álcool. A sociedade deve escolher.

Francisco

O álcool tem, individual e socialmente, o mais nefasto dos efeitos e é até reverenciado, idolatrado na mídia e nas esquinas de favelas e privês.

Se os governos taxarem o uso e a comercialização, seja a que preço for, será viabilizado o consumo, o comércio, o controle, a tributação, o tratamento dos viciados, enfim todo o ciclo estará muito mais sob o controle da sociedade organizada. A indústria farmacêutica poderá se encarregar da industrialização, comercialização e o governo da tributação, educação, prevenção e tratamento. Todos sairão ganhando.

Volnylson Almeida de Castro

Acho que se deve liberar o uso da maconha, mas todo aquele que for preso deveria ser submetido a um exame toxicológico para ver se agiu sob efeito de drogas, compensando assim a vítima ou o cidadão limpo. A pena para tais pessoas deveria ser no mínimo multiplicada por dois. Isso pelo menos puniria o incentivo dos "drogados legisladores" que sabem bem que a maioria dos crimes hoje são praticados sob efeito de drogas.

Valdir Siqueira de Andrade

A maconha deveria ser legalizada porque, além da legalização acabar com o absurdo de tratar o usuário como criminoso, o Estado não tem o direito de determinar o que as pessoas podem ou não fazer de suas vidas.

Edmilson

Sim, a maconha deveria ser legalizada. O problema do tráfico de drogas acabaria com a legalização.

Henrique Figueiredo

Eu acho que a política atual de combate às drogas está superada, por isso liberar parcialmente pode desvincular o usuário do bandido.

Rodrigo da Silva Campos

As autoridadades competentes devem estudar a fundo a questão da legalização da maconha. O tabaco, tão utilizado em cigarros, já é algo maléfico à saúde das pessoas, que dirá a maconha, uma droga perigosa, cujo tráfico os governantes de muitos países, como Paraguai, Colômbia, Chile, Venezuela e principalmente Argentina e Brasil, tentam controlar e que causa muitos problemas sociais entre a população.

Lembrando também que a droga é alucinógena e pode levar o indivíduo que a usar a cometer crimes dos quais no dia seguinte ele não se lembra que fez. E essa questão da quantidade ingerida é altamente controversa. Já basta a Holanda com a lei que permite o uso sem saber realmente do que a droga é capaz.

Isabelita Rodrigues de Alencar

Acho que deve ser discriminalizado o uso da maconha, sendo que isso não significa que acontecerá o mesmo que ocorreu nos anos 60, onde o consumo foi exagerado, prejudicando os jovens da época. Quem gosta de fumar maconha deve assumir que gosta, porém fumar com moderação, como qualquer outra droga. Está comprovado que o uso abusivo do álcool compromete tambem o cérebro, porém ele deve ser consumido com moderação, pois assim faz até bem.

Raisa Cusak

BRASIL E A EXPORTAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Como profissional da área e integrante de uma empresa brasileira de TI, acredito em um crescimento significativo das empresas dispostas a ingressar no mercado exterior. Tive a oportunidade de visitar a CeBIT e existe um ponto fundamental para o objetivo da exportação, que é o apoio e o empenho dos organizadores às empresas brasileiras. É fato que, junto com todo este apoio, as empresas precisam demonstrar seu potencial e suas condições. O que está faltando agora é conquistar o mercado exterior, mostrando a flexibilidade da empresa brasileira e, mais que isso, a competência de cada brasileiro.

Jonas Camusso

Historicamente, o Brasil tem acompanhado de perto a evolução da TI. A criatividade e a determinação de fazer cada vez melhor colocam os técnicos brasileiros na linha de frente da TI. Sistemas de automação bancária e de votação eletrônica por exemplo, são modelos da qualidade internacional do software e do hardware produzidos no Brasil. Há exemplos de produtos voltados para as áreas de varejo, médica, games, agronegócio, indústria etc, que representam potencial para exportação. Vale ressaltar a qualidade da tecnologia produzida no Porto Digital, pólo de TI localizado no Recife, capital do Estado de Pernambuco, onde já se instalaram núcleos da IBM, Microsoft, Oracle, etc.

Anônimo

SUCESSÃO DO PAPA

Acredito firmemente que o próximo papa será o cardeal Joseph Ratzinger. A Igreja Católica precisa, hoje mais do que nunca, de um homem forte e corajoso como esse alemão. Que o Espírito Santo ilumine os cardeais participantes do conclave para a eleição de Ratzinger que, assim como João Paulo II, não tem medo de seguir o caminho da cruz, para defender os dogmas da Igreja e a mensagem de Deus Nosso Senhor Jesus Cristo.

Christoffer Yuri

Eu acho que cardeal Joseph Ratzinger seria uma ótima opção à sucessão de João Paulo II, pois ele tem memória histórica como nenhum outro, conhece os pontos fracos da igreja católica e pode, através desses pontos, fazer acontecer o "novo".

José Donizete

O cardeal Joseph Ratzinger não seria um bom candidato à sucessão de João Paulo II, pois ele disse que ninguém na Igreja era obrigado a seguir a Mensagem de Fátima: nem o papa, os bispos, os sacerdotes e os leigos. A Consagração da Rússia e a devoção dos Cinco Primeiros Sábados ficariam a critério de cada um. Como se o Milagre do Sol nunca tivesse acontecido. Isto não são palavras de um homem consagrado a Deus. Infelizmente existe muita apostasia dentro da Igreja.

Maria de Fátima

Em minha opinião, o sucessor deveria ser J. Ratzinger, pois sendo ele o braço direito do papa, com certeza dará continuidade a tudo o que João Paulo II nos ofereceu de bom até hoje.

Sonia Lindner