1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Brasil

Lava Jato inicia 25ª fase em Portugal

Investidor Raul Schmidt Felippe Junior, acusado de pagar propina a ex-diretores da Petrobras, é alvo de mandados de busca, apreensão e prisão preventiva. Esta é a primeira fase da operação realizada no exterior.

A operação Lava Jato iniciou nesta segunda-feira (21/03) a sua 25ª fase em Portugal, cumprindo mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva do operador financeiro Raul Schmidt Felippe Junior, investigado pelo pagamento de propinas a ex-diretores da Petrobras.

A Procuradoria da República no Paraná informou em comunicado que Schmidt estava foragido desde 2015, quando foi emitida uma ordem de prisão contra ele. Esta foi a primeira fase da operação Lava Jato realizada no exterior.

Assistir ao vídeo 02:44

Desemprego e frustração com crise na Petrobras

O investidor é suspeito de estar envolvido em pagamentos de propinas a Nestor Cerveró, Jorge Luiz Zelada e Renato de Souza Duque, ex-diretores da Petrobras. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), ele também teria atuado como preposto de empresas internacionais para facilitar a obtenção de contratos de exploração da estatal.

A Polícia Judiciária Portuguesa cumpriu os mandados em Lisboa, com o acompanhamento do Ministério Público Federal e da Polícia Federal. As autoridades brasileiras devem buscar agora a extradição de Schmidt, que tem dupla nacionalidade brasileira e portuguesa.

Segundo o MPF ele vivia anteriormente em Londres, onde possuía uma galeria de arte, e se ele se mudou para Portugal após o início da operação Lava Jato.

RC/rtr/ots

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados