Lançado novo portal do cinema alemão | Cultura europeia, dos clássicos da arte a novas tendências | DW | 11.02.2005
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Lançado novo portal do cinema alemão

Através de projeto financiado com recursos públicos, é disponibilizado na internet a maior plataforma de informações do mundo sobre a produção cinematográfica em alemão.

default

Filmes desde 1895 até a Berlinale 2005

Um novo portal, disponibilizado nesta sexta-feira (11/02), no Festival Internacional de Berlim (Berlinale), pretende facilitar a busca de informações na internet sobre o cinema alemão. É o site www.filmportal.de, que reúne dados sobre cerca de 30 mil filmes e 75 mil nomes ligados à indústria cinematográfica dos países de língua alemã.

A página, porém, não pretende se restringir a fichas técnicas e biografias e, sim, estabelecer interconexões entre filmes, temas e serviços afins. "Tentamos apresentar o cinema alemão em toda a sua amplitude", diz Claudia Dillmann, diretora do Instituto do Cinema Alemão (ICA), em Frankfurt.

Pesquisa profunda

Junto com o Centro de Pesquisas Cinematográficas (Cinegraph) de Hamburgo, o ICA elaborou os dados para a internet nos últimos 18 meses. Um grupo de 30 funcionários das duas instituições tratou de interconectar os bancos de dados de filmes já disponíveis na rede e escreveu novos textos. "A principal diferença em relação aos outros sites do gênero é que nós oferecemos a possibilidade de uma pesquisa mais profunda", diz Dillmann.

O projeto, com duração de três anos, foi financiado com recursos de fomento ao cinema dos governos federal e do Estado de Hessen. A lista de filmes inclui produções de curtas, longas e documentários desde 1895 até as obras recentes que concorrem a prêmios na atual Berlinale, de 10 a 20 de fevereiro, na capital alemã.

A primeira etapa do projeto, no entanto, destaca as novas tendências do cinema alemão desde 1990. Além disso, o portal dedica amplo espaço aos filmes produzidos durante o regime nazista e na ex-Alemanha Oriental (comunista).

Dicas práticas

O acesso às informações é gratuito e o serviço destina-se tanto a críticos profissionais e pesquisadores quanto ao público leigo. O "filmportal.de" é interessante tanto para cinéfilos quanto para professores, alunos e estudantes. "A idéia é estimular o usuário a passear pelo portal", diz Dillmann. Cada apresentação de filme vem acompanhada de dicas práticas para o consumidor, por exemplo, sobre cópias ou versões em DVD.

A documentação online é complementada com cerca de três mil críticas, que o ICA e o Cinegraph adquiriram de jornais diários e revistas especializadas. Apenas os filmes que foram exibidos em cinemas receberam uma resenha completa.

Cinema alternativo

"Mas quem chega até o portal ao buscar obras conhecidas, tem aqui a oportunidade de se informar também sobre pequenas produções, que às vezes não dispõem de recursos para uma grande apresentação na internet. Assim funciona a idéia da rede e, desta forma, também prestamos um serviço à divulgação do cinema alternativo", diz Dillmann.

Dillmann espera que o atual boom do cinema alemão também desperte a atenção de um grande número de usuários para o novo portal. Na segunda fase do projeto, que prossegue até o final do ano que vem, serão apresentados filmes da década de 50 e estabelecidas mais conexões com a televisão.

Além disso, está planejada uma documentação da história do cinema austríaco. Os vínculos entre os centros cinematográficos de Viena e Berlim sempre foram estreitos. Diretores vienenses como Paul Hörbiger, que viveu durante muitos anos em Berlim, são quase tão conhecidos na Alemanha quanto na Áustria.

Leia mais

Links externos