1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Lançado novo portal do cinema alemão

Através de projeto financiado com recursos públicos, é disponibilizado na internet a maior plataforma de informações do mundo sobre a produção cinematográfica em alemão.

default

Filmes desde 1895 até a Berlinale 2005

Um novo portal, disponibilizado nesta sexta-feira (11/02), no Festival Internacional de Berlim (Berlinale), pretende facilitar a busca de informações na internet sobre o cinema alemão. É o site www.filmportal.de, que reúne dados sobre cerca de 30 mil filmes e 75 mil nomes ligados à indústria cinematográfica dos países de língua alemã.

A página, porém, não pretende se restringir a fichas técnicas e biografias e, sim, estabelecer interconexões entre filmes, temas e serviços afins. "Tentamos apresentar o cinema alemão em toda a sua amplitude", diz Claudia Dillmann, diretora do Instituto do Cinema Alemão (ICA), em Frankfurt.

Pesquisa profunda

Junto com o Centro de Pesquisas Cinematográficas (Cinegraph) de Hamburgo, o ICA elaborou os dados para a internet nos últimos 18 meses. Um grupo de 30 funcionários das duas instituições tratou de interconectar os bancos de dados de filmes já disponíveis na rede e escreveu novos textos. "A principal diferença em relação aos outros sites do gênero é que nós oferecemos a possibilidade de uma pesquisa mais profunda", diz Dillmann.

O projeto, com duração de três anos, foi financiado com recursos de fomento ao cinema dos governos federal e do Estado de Hessen. A lista de filmes inclui produções de curtas, longas e documentários desde 1895 até as obras recentes que concorrem a prêmios na atual Berlinale, de 10 a 20 de fevereiro, na capital alemã.

A primeira etapa do projeto, no entanto, destaca as novas tendências do cinema alemão desde 1990. Além disso, o portal dedica amplo espaço aos filmes produzidos durante o regime nazista e na ex-Alemanha Oriental (comunista).

Dicas práticas

O acesso às informações é gratuito e o serviço destina-se tanto a críticos profissionais e pesquisadores quanto ao público leigo. O "filmportal.de" é interessante tanto para cinéfilos quanto para professores, alunos e estudantes. "A idéia é estimular o usuário a passear pelo portal", diz Dillmann. Cada apresentação de filme vem acompanhada de dicas práticas para o consumidor, por exemplo, sobre cópias ou versões em DVD.

A documentação online é complementada com cerca de três mil críticas, que o ICA e o Cinegraph adquiriram de jornais diários e revistas especializadas. Apenas os filmes que foram exibidos em cinemas receberam uma resenha completa.

Cinema alternativo

"Mas quem chega até o portal ao buscar obras conhecidas, tem aqui a oportunidade de se informar também sobre pequenas produções, que às vezes não dispõem de recursos para uma grande apresentação na internet. Assim funciona a idéia da rede e, desta forma, também prestamos um serviço à divulgação do cinema alternativo", diz Dillmann.

Dillmann espera que o atual boom do cinema alemão também desperte a atenção de um grande número de usuários para o novo portal. Na segunda fase do projeto, que prossegue até o final do ano que vem, serão apresentados filmes da década de 50 e estabelecidas mais conexões com a televisão.

Além disso, está planejada uma documentação da história do cinema austríaco. Os vínculos entre os centros cinematográficos de Viena e Berlim sempre foram estreitos. Diretores vienenses como Paul Hörbiger, que viveu durante muitos anos em Berlim, são quase tão conhecidos na Alemanha quanto na Áustria.

Leia mais

Links externos