1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Turismo

Lübbenau, uma cidade dentro de outra Alemanha

Visitar a cidade é descobrir um mundo à parte. Terra do pepino, a cidade, situada na região de Spreewald, é um convite ao bucolismo. Diferente de tudo o que remete à Alemanha, o local desfruta de língua própria.

default

Apreciadores da vida no campo encontram em Lübbenau um paraíso

A cidade de Lübbenau, no Estado de Brandemburgo, está distante pouco mais de uma hora de trem de Berlim, a capital alemã. Mesmo com a relativa proximidade, quem chega na cidade já sente a atmosfera peculiar. No lugar de ruas, há canais. Os carros foram trocados por barcos e o verde domina a paisagem.

Veneza do norte

Jutta von der Post

Até mesmo os Correios alemães utilizam barcos na cidade

Basta ter um córrego que atravessa o perímetro urbano para uma cidade européia se entitular "uma Veneza". Mas, no caso de Lübbenau, não ter um barco ancorado na frente de casa pode representar um problema para muitos moradores. Apesar de não ter a totalidade das vias submersas, grande parte da locomoção depende do remo ou do motor.

Durante o passeio nos canais, o turista pode observar uma paisagem que se manteve semelhante à de 10 mil anos (conforme apuraram pesquisadores). A região, chamada de Spreewald – floresta do Rio Spree, é uma ótima opção para caminhadas: são mais de 200km de trilhas. Atenção para a melhor época do ano: entre abril e outubro, as condições são favoráveis para o esporte ao ar livre. Depois, muito frio e vento.

Apesar da intensa utilização do solo na última década, o Spreewald é uma área onde se encontram, ainda hoje, animais e plantas raras. Desde outubro de 1990, é uma reserva da biosfera protegida pela Unesco.

Museu do pepino

A Alemanha não é somente o país das feiras, é também a terra dos museus. Qualquer assunto é digno de receber um tratamento especial e ganhar um museu. Para os vegetais, a regra também é válida. Um destes exemplos está distante dois quilômetros do centro da cidade.

Gurkenmarkt im Spreewald

O pepino ganhou um museu em Lehde, distante 2km do centro de Lübbenau

O único museu do pepino no mundo fica em Lehde, vilarejo que pertence a Lübbenau, e pode ser visitado nos meses mais quentes do ano, o que significa que fica fechado de novembro a março. Para surpresa dos curiosos, o local realmente conta a história do cultivo da hortaliça em terras alemãs.

A exposição apresenta o dia-a-dia dos agricultores, suas ferramentas de trabalho, equipamentos para a produção de conservas e barris para armazenagem. O prédio do museu já é, por si só, interessante: está em um galpão onde ficava o maquinário específico para o processamento desta verdura.

Desde sua primeira visita à cidade, o escritor alemão Theodor Fontane já demonstrou o apreço pelo principal produto produzido no local, chegando a apelidar o lugarejo de "pátria do pepino". Sua admiração podia ser percebida pela encomenda que recebia todos os anos em casa: uma barrica cheia da verde hortaliça.

Leia a seguir: Lübbenau e sua língua própria

Leia mais