1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Lúcio e Ballack mantêm Bayern na liderança

Bayern de Munique ganha de virada e defende a liderança. Hamburgo e Bremen vencem e continuam no calcanhar dos bávaros. Armínia Bielefeld e Mainz vencem em casa no domingo.

default

Gol do Colônia surpreendeu Kahn, mas Bayern ainda virou o placar

Um show de mais de 40 cartões amarelos e vermelhos e a manutenção do status quo no topo da tabela marcaram os jogos deste fim de semana pela 11ª rodada da Bundesliga. O Bayern de Munique e o Werder Bremen – 1º e 2º colocados – ganharam de virada. O Hamburgo (3º) quebrou a invencibilidade do Schalke. No domingo (30/10), o Mainz derrotou o Nürnberg por 4 a 1 e o Armínia Bielefeld aplicou o mesmo placar no Hannover.

Disputado quase um terço das 34 rodadas da Bundesliga, as cadeiras de cinco treinadores começam a balançar: Uwe Rapolder (Colônia), Norbert Meier (Duisburg), Michael Henke (Kaiserslautern), Giovanni Trapattoni (Stuttgart) e Wolfgang Wolf (Nürnberg).

Colônia 1 x 2 Bayern de Munique

O Colônia até que deu sinais de ressurreição, depois de uma série de sete derrotas em oito jogos, e pregou um susto no Bayern de Munique, ao abrir o placar com um gol de Scherz, aos 28 min do 1ºT. Mas o sonho de sair do fundo do poço e aliviar a situação do técnico Uwe Rapolder durou poucos minutos.

O Bayern esteve longe de mostrar um futebol digno de campeão, mas, aos 9 min do 2ºT, o zagueiro Lúcio marcou o gol de empate. Foi o início da virada da equipe bávara, completada de cabeça por Ballack aos 29 min do 2ºT. O capitão da seleção alemã já havia salvo o Bayern com o 1 a 0 sobre o Aue, nesta semana, pela Copa Alemanha.

Hamburgo 1 x 0 Schalke

Bundesliga 11. Spieltag Hamburger SV gegen FC Schalke 04

Kuranyi (d), do Schalke, não conseguiu passar pela zaga do Hamburgo

O Schalke despediu-se, por enquanto, da corrida pelo título. Perdeu de 1 a 0 para o Hamburgo, 3º colocado com 24 pontos. Quatro dias depois de ser goleado por 6 a 0 pelo Eintracht Frankfurt pela Copa Alemanha, o Schalke sofreu sua primeira derrota na Bundesliga 2005/2006 e caiu para o quarto lugar.

Para o técnico Ralf Rangnick, o resultado deste sábado pode desencadear turbulências, enquanto o Hamburgo vai confiante para o jogo da próxima quarta-feira pela Copa da Uefa contra o Viking Stavanger, da Noruega.

Werder Bremen 4 x 1 Eintracht Frankfurt

Diante de 41 mil torcedores, o Bremen precisou levar um gol do Frankfurt para acordar e ganhar de virada por 4 a 1. Os gols do time da casa foram marcados por Borowski (2), Frings e Klose, que lidera a artilharia com 11 gols. Apesar de revelar fraquezas na zaga, o Bremen subiu bastante de produção no segundo tempo e continua no calcanhar do Bayern na tabela, com 26 pontos. Apesar da derrota, o Frankfurt – que marcou 13 gols nos últimos três jogos – apresentou-se em excelente forma.

Stuttgart 3 x 3 Hertha Berlim

Bundesliga: VfB Stuttgart - Hertha BSC Berlin

Técnico Giovanni Trapattoni (e), do Stuttgart, na corda bamba

A cadeira do técnico Giovanni Trapattoni balança depois do empate com o Hertha Berlim. Cairo, Nando Rafael e Marcelinho marcaram os gols do Berlim (6º colocado), enquanto Ljuboja, Cacau e Mario Gomez salvaram um ponto para o Stuttgart, que ocupa a nona posição. Isso é bem menos do que se espera do time comandado por Trapattoni, já eliminado da Copa Alemanha.

Borussia Dortmund 2 x 1 Borussia Mönchengladbach

O Borussia Mönchengladbach certamente teria ficado satisfeito com um ponto, mas perdeu de 2 a 1 para o Borussia Dortmund, diante de 80 mil torcedores no Westfalenstadion. Kehl e Smolarek marcaram para o Dortmund, enquanto Neuville, nos acréscimos, anotou o gol de honra do Mönchengladbach.

Kaiserslautern 2 x 2 Bayer Leverkusen

Um duelo sem vencedor foi o que se viu no Fritz Walter Stadion de Kaiserslautern, onde o time da casa empatou em 2 a 2 com o Bayer Leverkusen. Engelhardt e Göktan foram os autores dos gols do Kaiserslautern, cujo técnico – Michael Henke – precisa urgentemente de pontos para fugir do rebaixamento. Barnetta e Woronin marcaram para o Leverkusen, de Michael Skibbe, que completou quatro jogos sem vitória no comando da equipe.

Duisburg 1 x 0 Wolfsburg

O Duisburg, que igualmente luta para não voltar à Segunda Divisão, de onde acaba de vir, derrotou o Wolfsburg por 1 a 0. Bugera assinalou o único gol da partida, aos 12 min do 2ºT. Com apenas nove pontos somados em 11 rodadas, o Duisburg toma fôlego, mas ainda não está fora de perigo.

Mainz 4 x 1 Nürnberg

Neste domingo, o Mainz levou no duelo contra o rebaixamento diante do Nürnberg. Após um início turbulento e um golaço de falta do brasileiro Antônio da Silva, o time da casa assumiu o domínio do jogo e não teve piedade com a equipe visitante. Enquanto Mainz saiu da zona de rebaixamento, após sua segunda vitória em casa, o Nürnberg é o lanterna no campeonato, mas quer manter o técnico Wolfgang Wolf.

Armínia Bielefeld 4 x 1 Hannover

O Arminia Bielefeld ganhou pela primeira vez, desde 1971, uma partida em casa contra o Hannover. Fink abriu o placar aos 48 segundos de jogo; Zuma e Boakye (duas vezes) ampliaram para 4 a 1. No meio tempo, Mertesacker havia encurtado a vantagem ao anotar um gol de honra para o Hannover.

Leia mais