1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Löw: classificação para a Eurocopa é meta principal

Em 2007, o técnico da Alemanha tem como principal objetivo classificar, o quanto antes, a seleção alemã à Euro 2008. Para isso, Joachim Löw admite dar mais chances a novatos como o atacante Mario Gomez, do Stuttgart.

default

Nas Eliminatórias, Joachim Löw está invicto no comando da Alemanha

Pela primeira vez em quatro anos, a seleção alemã de futebol inicia um ano sem ter pela frente o desafio de uma importante competição. Depois de uma maratona de 18 jogos oficiais em 2006, com 14 vitórias e dois empates, a Alemanha terá um ano mais fácil que os anteriores, com apenas 12 partidas.

Entretanto, independente do número de jogos, o técnico Joachim Löw, 46 anos, inicia o novo ano cheio de planos. "Existem algumas metas principais. A mais importante é a qualificação para a Euro 2008", declarou o treinador, que assumiu o posto de Jürgen Klinsmann no comando da seleção alemã, após o terceiro lugar na Copa do Mundo de 2006.

Depois da inesquecível experiência de jogar um Mundial em casa – a participação da Alemanha, eliminada pela Itália nas semifinais, foi bastante elogiada –, Löw espera que 2007 seja um ano de continuidade. Seu objetivo é o desenvolvimento da filosofia ofensiva e a integração de novos talentos. "Vamos continuar trabalhando no aspecto ofensivo, para poder dominar melhor o jogo e mostrar um belo futebol".

Chance para os novatos

Fußball-Bundesliga, 16. Spieltag, VfB Stuttgart - VfL Bochum

O artilheiro Mario Gomez, do Stuttgart, aguarda primeira oportunidade na seleção

Löw vai prosseguir apostando em estrelas do calibre do capitão Michael Ballack e do artilheiro Miroslav Klose, bem como em jovens jogadores que na última Copa conquistaram seu espaço na equipe, como o atacante Podolski, o lateral Philip Lahm e o meia Schweinsteiger. Porém, o treinador já admite dar mais chances aos novatos.

Como a grande maioria dos jogadores alemães atuam na Bundesliga, parte-se do pressuposto que para chegar à seleção é preciso antes se destacar no Campeonato Alemão. Foi o que fez Mario Gomez, 21 anos, na primeira metade desta temporada. Com oito gols, o atacante do Stuttgart é um dos artilheiros da competição, o que deve lhe render a primeira convocação para a seleção principal.

Como Podolski cumpre suspensão no amistoso contra a Suíça, em 7 de fevereiro, Gomez possivelmente terá a chance de jogar alguns minutos. Para o confronto contra os co-organizadores da próxima Eurocopa – a Áustria será o outro país sede –, Löw também deve dar a primeira oportunidade a outros três novatos: o atacante Stefan Kiessling e o meia Gonzalo Castro, ambos do Bayer Leverkusen, e o meia Eugen Polanski, do Borussia Mönchengladbach.

"Precisamos encontrar concorrentes para jogadores como Podolski, Schweinsteiger e Lahm", declarou Löw, que espera poder contar com Gomez, Kiessling, Castro e Polanski para a reserva de trio de jovens titulares, que fizeram bonito no Mundial. "Não queremos só titular e reserva para uma posição, nossa ambição é também um terceiro e quarto homem", explicou o assistente de Löw, Hans-Dieter Flick.

Líder nas Eliminatórias

A Alemanha disputa o Grupo D das Eliminatórias da Euro 2008. Com três vitórias e um empate, os comandados de Löw estão na liderança da chave, empatados com a República Tcheca em dez pontos, mas com vantagem no saldo de gols.

Klinsmann gibt Rücktritt bekannt

Assistente de Klinsmann (e)por dois anos, Löw assumiu a seleção após a Copa

Neste ano, o primeiro compromisso da Alemanha nas Eliminatórias é em 24 de março, justamente contra os tchecos, fora de casa. Em seguida, os alemães enfrentam San Marino (02/06, em Nurembergue) e Eslováquia (06/06, Hamburgo). Löw espera vencer as três partidas para, dependendo dos demais resultados, garantir a classificação com algumas rodadas de antecedência.

Apenas os dois primeiros colocados de cada chave, composta por sete seleções, se classificam para a Euro 2008. Além de República Tcheca, San Marino e Eslováquia, também estão no grupo da Alemanha: Irlanda, Chipre e País de Gales.

Mais que um emprego

Para Löw, que passou dois anos como assistente de Klinsmann, a nova função é mais que um desafio, mas também um prazer. "Estou realmente desfrutando o emprego. Tenho vários fãs e muita paixão", declarou o treinador, que não se intimida com tamanha responsabilidade.

"O time ainda não está totalmente pronto. Isso [formar uma equipe forte] é nosso objetivo para vencer o torneio europeu em 2008. Até lá a seleção precisa encarar constantes desafios", comentou Löw, que ainda está invicto nestas Eliminatórias.

Leia mais