1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Líder de cartel mexicano foge da prisão

Joaquin "El Chapo" Guzmán escapou do presídio de segurança máxima por um túnel de 2 km de extensão . É a segunda vez que o traficante consegue fugir. Ele é um dos fugitivos mais procurados por México e EUA.

O governo do México informou neste domingo (12/07) que Joaquin "El Chapo" Guzmán, líder do cartel de drogas de Sinaloa, no México, conseguiu escapar da penintenciária de segurança máxima onde cumpria uma sentença de 20 anos de reclusão. A fuga ocorre um ano e meio depois de ele ter sido recapturado pela polícia durante uma grande operação de busca.

Segundo a Comissão de Segurança Nacional, Guzmán não foi mais visto nas imagens das câmeras de segurança a partir da tarde de sábado. Segundo o chefe da comissão, Monte Alejandro Rubido, 18 guardas do presídio serão interrogados.

O traficante escapou por um túnel de quase dois quilômetros de extensão cavado no espaço do chuveiro da cela onde ele ficava na penitenciária federal Altiplano I, no Estado do México. A saída do túnel, que possui luz e ventilação, fica em um prédio em construção. No local, foi encontrado um sistema de tração utilizado para o transporte de terra e ferramentas.

Depois da confirmação da fuga, a polícia mexicana fez uma grande operação de busca nos arredores e em estados vizinhos. Os voos do aeroporto de Toluca, a capital do Estado do México, foram cancelados.

Esta é a segunda vez que Guzmán consegue escapar da prisão. O traficante fundou o cartel de Sinaloa em 1989. Ele foi preso em 1993 na Guatemala e, oito anos depois, conseguiu fugir da prisão a bordo de um caminhão de limpeza com a ajuda de funcionários do presídio.

Ele foi recapturado em fevereiro de 2014, quando já era considerado o fugitivo mais procurado por México e Estados Unidos.

KG/afp/dpa

Leia mais