Líder da Bundesliga, técnico Magath rejeita papel de favorito ao título | Siga a cobertura dos principais eventos esportivos mundiais | DW | 24.04.2009
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Líder da Bundesliga, técnico Magath rejeita papel de favorito ao título

Ele foi campeão europeu como jogador do Hamburgo e perdeu a final do Mundial de Clubes para o Grêmio, em 1983. Hoje, Felix Magath treina o Wolfsburg, líder da Bundesliga, e está perto de levar o clube ao primeiro título.

default

Magath conduziu o Wolfsburg à liderança da Bundesliga

Rodada após rodada, o Wolfsburg vence seus jogos pela Bundesliga e, rodada após rodada, o técnico da equipe, Felix Magath, é confrontado com a mesma questão: o Wolfsburg é um sério candidato ao título?

As respostas são parecidas. Em resumo, Magath diz que o objetivo do clube é chegar entre os cinco primeiros colocados e, assim como as outras equipes que já estiveram na liderança do Campeonato Alemão, o Wolfsburg pode ser destronado a qualquer momento.

"Se isso fosse permitido [ao técnico de uma equipe], eu apostaria meu dinheiro no Bayern de Munique", respondeu o treinador após a vitória do Wolfsburg sobre o Bayer Leverkusen por 2 a 1, no final de semana passado, quando questionado quem será o campeão.

Fußball Bundesliga Wolfsburg München Tor Grafite

Grafite marca de calcanhar na goleada sobre o Bayern

Nem mesmo a goleada de 5 a 1 do Wolfsburg sobre o Bayern de Munique mudou o discurso do técnico. "Foi um caso único que não se repetirá nos próximos 50 anos", disse o treinador, em tom de modéstia, após o jogo.

Se estiver na ponta da tabela da Bundesliga ao final da 34ª rodada, o Wolfsburg – treinado por Felix Magath – terá conquistado o primeiro título da sua história.

Ironia com o Bayern

O Bayern de Munique está de fato no páreo, ocupando após 28 rodadas a vice-liderança, com o mesmo número de pontos do terceiro colocado, o Hamburgo. Hertha Berlim e Stuttgart também mantêm chances, ainda que menores, de erguer o troféu ao final do torneio.

Felix Magath

No Bayern de Munique: bicampeão alemão

Mas a aposta de Magath no Bayern tem um ar de ironia – é o mesmo clube que ele conduziu aos títulos da Bundesliga e da Copa da Alemanha em duas temporadas (2004/05 e 2005/06) e do qual foi demitido em 2007, quando os resultados começaram a colocar em risco a classificação à Liga dos Campeões.

A demissão não fez com o que o Bayern conseguisse a vaga para o milionário torneio de clubes europeus naquela temporada. Mas deixou Magath livre para assinar com o Wolfsburg como técnico e diretor esportivo até 2010.

Já na primeira temporada como técnico do clube da Volkswagen, Magath classificou o Wolfsburg para a Copa da Uefa. Na atual temporada, uma vaga na Liga dos Campeões parece cada vez mais certa.

Final contra o Grêmio

Antes de fazer sucesso como técnico, Magath era conhecido na Alemanha pela sua carreira como jogador do Hamburgo. Como centro-médio, ele marcou 46 gols em 306 jogos pela clube, que foi três vezes campeão alemão na época de Magath. Como jogador, ele também foi duas vezes vice-campeão do mundo com a Alemanha, nas Copas de 1982 e 1986.

Felix Magath als Spielert beim HSV

Magath garantiu um título ao Hamburgo em 1983

O ponto alto da carreira de Magath como jogador foi o título de campeão europeu em 1983, com o Hamburgo. Aos 8min da final contra a Juventus, Magath arriscou um chute de longa distância da entrada da área. A bola deu a impressão inicial de que iria passar sobre o travessão, mas caiu em curva repentinamente e acabou dentro das redes. Foi o gol do título.

No mesmo ano, o Hamburgo teria menos sorte na final do Mundial de Clubes disputada em Tóquio, no Japão. Magath e seus companheiros foram derrotados pelo Grêmio por 2 a 1, com dois gols de Renato Gaúcho.

Recordes na Bundesliga

Na rodada deste final de semana da Bundesliga, Magath e o Wolfsburg podem quebrar um recorde: o de vitórias consecutivas numa mesma temporada. O atual número de dez jogos com vitória é igual ao obtido pelo Borussia Mönchengladbach em 1987. As chances de que o recorde caia são boas: no domingo (26/04), o Wolfsburg enfrenta o Energie Cottbus, vice-lanterninha do Campeonato Alemão.

Se o Wolfsburg conseguir superar essa marca, Magath terá pela frente outro recorde: a de vitórias consecutivas na Bundesliga, independentemente da temporada. O recorde atual é do Bayern de Munique, com 15 vitórias nas temporadas de 2004/05 e 2005/06. O técnico do Bayern na época era Felix Magath.

AS/dpa/sid
Revisão: Roselaine Wandscheer

Leia mais