1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Kurt Weill

Parceiro de Brecht na "Ópera dos Três Vinténs", músico de origem judaica transitou do erudito ao popular, do teatro berlinense ao musical nova-iorquino. Mas só reconhecia uma diferença: entre a música boa e a ruim.

Kurt Weill (1900-1950) foi um músico tão aclamado pelo público quanto problemático para a crítica – e, depois da Segunda Guerra Mundial, tema de acaloradas discussões estéticas. Weill é desses artistas cujo prestígio no resto do mundo é maior do que em seu país natal. Nascido em 2 de março de 1900, filho do cantor de uma sinagoga em Dessau, ele estudou música em Berlim com o renomado compositor e pianista virtuoso Ferruccio Busoni. No obituário que redigiu para o artista alemão, o filósofo e musicólogo Theodor W. Adorno nem mesmo o designava como "compositor", mas sim como "diretor musical".