1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Klinsmann deixa Donovan de fora da Copa

Maior jogador da história dos Estados Unidos, com três Mundiais no currículo, não vai ao Brasil. Técnico alemão afirma que decisão foi a "mais difícil da carreira", e meia se diz desapontado.

Depois de Portugal, o segundo adversário da Alemanha na Copa também confirmou os seus 23 atletas para a Copa do Mundo: os Estados Unidos. A lista divulgada pelo técnico alemão Jürgen Klinsmann, na noite de quinta-feira (22/05), tem quatro atletas que atuam na Bundesliga: John Brooks, do Hertha Berlin, Timmy Chandler, do rebaixado Nürnberg, e Fabian Johnson, do Hoffenheim – todos defensores – e o meia Julian Green, do Bayern de Munique. Mas a grande surpresa ficou por conta da exclusão do experiente meia Landon Donovan, do Los Angeles Galaxy.

"Essa foi certamente uma das decisões mais difíceis de toda minha carreira. É duro ter que comunicar para um jogador que fez tanto e representa tanto para essa seleção que ele não vai à Copa. Mas eu, atualmente, vejo outros atletas ligeiramente acima dele", declarou Klinsmann a um canal de televisão dos Estados Unidos.

Landon Donovan WM 2010 USA - Algerien

Donovan comemora o gol salvador contra a Argélia que classificou os EUA para as oitavas da Copa de 2010.

Com 156 partidas pelos EUA e 57 gols, Donovan é o maior artilheiro da história do país e era tido como presença certa na Copa. Capitão dos Estados Unidos há alguns anos, o meio-campista possui a experiência de três Copas do Mundo: 2002 (Coreia do Sul e Japão), 2006 (Alemanha) e 2010 (África do Sul).

Nos Mundiais, Donovan marcou cinco gols, número que o deixa como o maior artilheiro do país no torneio. O maior feito do camisa 10 foi marcar aos 46 minutos do segundo tempo contra a Argélia, em 2010 – gol da vitória, por 1 a 0, e que deu a classificação do US Team para as oitavas de final na África do Sul.

Fora do grupo que vai ao Brasil, Donovan recebeu o apoio de seu clube, que utilizou o Twitter com os números do veterano na seleção americana para reclamar da opção de Klinsmann.

"Foi uma honra e um privilégio representar os Estados Unidos em três Copas do Mundo. Eu estava sonhando em atuar no Brasil e, como vocês podem imaginar, estou muito desapontado com a decisão de hoje. Independente disso, eu estarei torcendo por meus amigos e companheiros nessa Copa. Eu continuo empenhado na missão de fazer com que o futebol cresça nos Estados Unidos", comunicou o jogador após o corte.

Com a ausência de Donovan, Iker Casillas, da Espanha, se torna o jogador com mais participações por sua seleção na Copa do Mundo do Brasil, O goleiro do Real Madrid, titular no título espanhol há quatro anos, soma 153 jogos com a camisa espanhola.

Clint Dempsey

Clint Dempsey, atualmente no Seattle Sounders Major League Soccer, é a principal estrela dos EUA na Copa.

No grupo convocado pelo treinador alemão, os principais destaques ficam por conta do centroavante Jozy Altidore (Sunderland, da Inglaterra), o meia-atacante Clint Dempsey (Seattle Sounders) e o goleiro Tim Howard (Everton, da Inglaterra).

Antes de aterrissar em solo brasileiro, a equipe de Klinsmann fará ainda três amistosos. No dia 27 de maio, contra a seleção do Azerbaijão; em 1º de junho, contra a Turquia; e em 7 de junho contra a Nigéria. Todos os jogos serão nos EUA.

Na Copa, a seleção dos Estados Unidos estreia contra Gana, em 16 de junho, em Natal. Depois os americanos seguem para Manaus e enfrentam Portugal, em 22 de junho, e fecham a participação na fase de grupos contra os compatriotas de Klinsmann, em 26 de junho, no Recife.

Os 23 convocados:

Goleiros

Brad Guzan (Aston Villa/ING)
Tim Howard (Everton/ING)
Nick Rimando (Real Salt Lake)

Defensores

DaMarcus Beasley (Puebla/MEX)
Matt Besler (Sporting Kansas City)
John Brooks (Hertha Berlin/ALE)
Geoff Cameron (Stoke City/ING)
Timmy Chandler (Nürnberg/ALE)
Omar González (LA Galaxy)
Fabian Johnson (Hoffenheim/ALE)
DeAndre Yedlin (Seattle Sounders)

Meio-campistas

Kyle Beckerman (Real Salt Lake)
Alejandro Bedoya (Nantes/FRA)
Michael Bradley (Toronto FC/CAN)
Brad Davis (Houston Dynamo)
Mix Diskerud (Rosenborg/NOR)
Julian Green (Bayern de Munique/ALE)
Jermaine Jones (Besiktas/TUR)
Graham Zusi (Sporting Kansas City)

Atacantes

Jozy Altidore (Sunderland/ING)
Clint Dempsey (Seattle Sounders)
Aron Johannsson (AZ Alkmaar/HOL)
Chris Wondolowski (San Jose Earthquakes)

Leia mais