1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Kahe e Tinga se enfrentam na abertura da 5ª rodada

Partida entre Borussia Mönchengladbach e Borussia Dortmund tem duelo entre jogadores brasileiros que fogem do estereótipo verde-amarelo existente na Alemanha. Bayern, Werder Bremen e Hamburgo buscam reabilitação.

default

Com três gols, Kahe é um dos artilheiros da atual temporada da Bundesliga

O jogo de abertura da 5ª rodada da Bundesliga, nesta sexta-feira (22/09), terá o confronto de dois jogadores não necessariamente conhecidos pelo brilhantismo técnico: Kahe, do Borussia Mönchengaldbach, contra Tinga, do Borussia Dortmund. O vencedor da partida assumirá, pelo menos temporariamente, a liderança do Campeonato Alemão.

Ainda que não correspondam ao estereótipo de jogador brasileiro vigente na Alemanha, Kahe e Tinga têm mostrado um futebol efeciente nesta temporada. Kahe, que no ano passado foi considerado uma contratação equivocada, marcou os dois gols na derrota de 4 a 2 do Mönchengladbach para o Alemannia Aachen, no último fim de semana. Com três gols no atual certame, está entre os artilheiros do campeonato. Em toda temporada passada, marcou apenas dois gols.

Enquanto isso, Tinga destaca-se pela sua movimentação e flexibilidade no meio-campo do Borussia Dortmund. Em dois jogos pela Bundesliga e em sua estréia na Copa da Alemanha, se entrosou perfeitamente na equipe, que tem ainda o brasileiro Dedê. "Em todas as suas ações, Tinga tenta encontrar o caminho mais curto para o gol", diz o técnico Bert van Marwijk. O ex-jogador do Internacional também tenta se ambientar rapidamente fora do campo em Dortmund e está estudando alemão.

"Grandes" buscam reabilitação

Fußballprofi Diego von Werder Bremen Fussball 1. Bundesliga - Werder Bremen - Bayer Leverkusen

Diego: criticado no Werder Bremen

Já o ex-santista Diego, do Werder Bremen, que após as duas primeiras rodadas chegou a ser festejado como novo astro da Bundesliga, foi criticado como "fominha" por seus companheiros nesta semana. O meio-campista Frings disse que, na derrota de 2 a 0 para o Stuttgart, na rodada passada, o brasileiro poderia ter passado algumas bolas que preferiu prender ou chutar a gol. "A gente costumava tocar a bola de primeira. Parece que perdemos isso, muitos pensam apenas em si", disparou o zagueiro Baumann.

O Bremen, que na próxima semana enfrenta o Barcelona pela Liga dos Campeões, tenta se reabilitar neste sábado contra o Hamburgo, para quem não perde desde 2 de março de 2003. Trata-se de um duelo entre equipes em crise. No Hamburgo, o capitão da seleção argentina, o ex-cruzeirense Sorin, estará no banco e poderá fazer sua estréia na Bundesliga.

O Bayern de Munique, que vem de uma derrota por 2 a 1 para o Bochum, joga em casa contra o Alemannia Aachen, clube que veio da Segunda Divisão. Em 1969, quando o Bayern conquistou seu primeiro título, o Alemannia foi vice-campeão alemão. Enquanto a equipe venceu seus dois últimos jogos, os bávaros só ganharam uma das ultimas três partidas em casa.

No Bayern, o meia-direita Deisler recuperou-se de contusão sofrida no joelho em março passado. Ele começou a treinar com a equipe esta semana, mas ainda não será escalado contra o Aachen.

Asamoah faz as pazes

O Schalke, que só perdeu uma das últimas 19 partidas em sua Arena, recebe o Wolfsburg, derrotado em 14 dos últimos 15 jogos oficiais. O atacante Asamoah, que fora banido da equipe do Schalke no jogo do último domingo contra o Hertha Berlin, volta ao time depois de fazer as pazes com o técnico Mirko Slomka. Mas Slomka não contará com Larsen (ruptura de tendões), Krstajic (supenso por cartão vermelho), Pander (fora de forma) e Hoogland (contusão no joelho).

O Stuttgart, derrotado em quatro dos últimos seis jogos em casa, enfrenta o Eintracht Frankfurt, que derrotou o Bayern Leverkusen por 3 a 1 no último domingo.

O Mainz enfrenta o Hertha Berlim, líder do campeonato, pelo menos até a noite desta sexta-feira. Os berlinenses nunca perderam para o Mainz no Campeonato Alemão e continuam invictos na temporada 2006/2007. O argentino Gimenez, recém-contratado, marcou os últimos três gols da equipe.

O técnico do Hannover, Dieter Hecking, faz seu segundo jogo contra o Bayer Leverkusen na atual temporada da Bundesliga. Na primeira partida, quando ainda treinava o Alemannia Aachen, perdeu por 3 a 0. O Hannover até hoje só derrotou uma vez o Leverkusen em casa: por 6 e 1, em 26 de março de 1988.

O Bochum joga neste domingo contra o Arminia Bielefeld, equipe que não consegue derrotar desde 1997. Em compensação, o Bielefeld, nos últimos cinco meses, não ganhou uma partida fora de casa.

Encerrando a 5ª rodada neste domingo, o Energie Cottbus enfrenta o Nürnberg, time invicto no campeonato. Mas, para uma equipe que veio da Segunda Divisão, o Cottbus também não faz feio: ganhou suas últimas três partidas.

Leia mais