1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Königstein prepara-se para receber a seleção brasileira

Cidade próxima a Frankfurt tem grupo de trabalho para os preparativos para receber a seleção e até sete mil torcedores durante a Copa. Uma das preocupações é a provável invasão de jornalistas.

default

Passeio público da cidade

A pacata cidade de Königstein, na região do Taunus, a 20 km de Frankfurt, prepara-se para viver dias agitados no próximo verão europeu. Em 5 de junho, quatro dias antes do jogo de abertura da Copa, a seleção brasileira desembarca no Kempinski Hotel Falkenstein, já hoje o estabelecimento mais conhecido da cidade de origem medieval.

"É uma grande alegria, mas também um grande desafio, receber os brasileiros, uma vez que, com os visitantes, a população da cidade – de 16 mil moradores – pode chegar a dobrar, durante a estadia da seleção", disse Torsten Becker à DW-WORLD. Becker coordena um grupo de trabalho municipal com 25 membros, encarregado dos preparativos.

Prefeito dança samba

O prefeito Siegfried Fricke garante que está "armado" para o rebuliço. "Já aprendi samba e arranjei um cachecol de torcedor brasileiro", disse, ao apresentar o esquema municipal de trânsito e segurança a vigorar durante a Copa.

A cidade não será transformada em fortaleza, garantiu o secretário de Segurança do Estado de Hessen, Volker Bouffier, ao jornal Frankfurter Rundschau. "Mas os moradores e visitantes terão de contar com algumas restrições, para que se possa garantir a segurança dos jogadores", explicou o inspetor estadual de polícia Norbert Glück.

Raffael’s Bistro Bar Lounge Kempinksi Hotel Falkenstein

Bar do Hotel Kempinski

Até o dia 16 de junho, a delegação brasileira ficará hospedada no nobre Hotel Kempinski, de onde segue para o Castelo Lerbach, em Bergisch-Gladbach (perto de Colônia). "Os brasileiros reservaram o hotel completo; não teremos outros hóspedes nessa época", explicou o gerente do Kempinski, Cyrus Heydarian.

A polícia vai interditar o acesso de torcedores ao hotel e poderá também cercar a rua principal da cidade, na saída e chegada da seleção. Com base nas reservas de hospedagem de brasileiros em Colônia, Becker prevê que até sete mil fãs podem visitar Königstein. "Podem ser bem mais ou também menos", acrescenta.

Treino fechado ao público

Os organizadores prevêem que muitos visitantes, vindos de Colônia ou Frankfurt, permanecerão apenas um dia na cidade, que não dispõe de estádio para treinos públicos da seleção. "Aos treinos públicos, certamente viriam uns 30 mil torcedores, e para isso Königstein não está preparada", admitiu Bouffier. Os craques brasileiros vão treinar num campo fechado, ligado ao hotel.

Stadt Königstein Kurhaus

Parque termal de Königstein

Segundo Becker, a cidade está elaborando uma programação especial para a população e os visitantes. Até um "vilarejo brasileiro" no parque termal, com comida, bebida e música do Brasil está em planejamento. "Queremos oferecer um pouco da alegria brasileira aos moradores da cidade, mas também mostrar aos brasileiros um pouco do nosso modo de vida", explica Becker.

Uma das preocupações do grupo de trabalho é garantir a infra-estrutura para o esperado batalhão de 300 a 700 jornalistas. Uma idéia é transformar o centro comunitário em centro de imprensa. No campo de futebol ao lado, poderiam ficar estacionadas as unidades móveis das emissoras de televisão.

Ilustres moradores e visitantes

Stadt Königstein Panoramabild

Refúgio de verão da classe alta de Frankfurt

O povoado de Königstein ganhou em 1313 o status de cidade. As ruínas de uma fortaleza ainda lembram seus gloriosos tempos medievais. No século 19, tornou-se um dos refúgios de verão preferidos por famílias ricas de Frankfurt.

Entre seus moradores de renome já estiveram o duque de Hessen-Nassau e a família Rothschild. Pelo sanatório municipal também passou o pintor Ernst Ludwig Kirchner (1880–1938), um dos maiores expoentes do expressionismo alemão. Em junho de 2006, Ronaldinho e os demais integrantes da seleção brasileira entrarão para a galeria dos ilustres visitantes da cidade.

Leia mais