1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Juventus de Turim está de olho em Klose

O clube italiano está interessado no atacante Miroslav Klose, 24 anos, atual líder dos artilheiros da Copa e estrela da seleção alemã.

default

Miroslav Klose comemora seu gol na partida contra Camarões

Sua brilhante atuação nesta Copa anda chamando a atenção dos cartolas. Em apenas três partidas, o craque do Kaiserslautern já marcou cinco gols no Campeonato Mundial de Futebol, todos de cabeça. Tal desempenho está sendo bastante elogiado pela imprensa européia e seu passe já é cobiçado por grandes equipes.

O Juventus de Turim parece disposto a desembolsar uma boa quantia para ter Klose em seu time. Segundo o jornal italiano Tuttosport, o Juventus pretende fazer uma oferta irresistível à direção do clube alemão pelo passe do atacante: 15 milhões de euros. Em troca de Klose, o time italiano emprestaria ao Kaiserslautern o meio de campo argentino Fernando Cavenagehi, recentemente trazido do River Plate, de Buenos Aires.

À venda? – Outras equipes, como o AS Roma e o Bayer Leverkusen, também estão interessadas em Miroslav Klose. Atze Friedrich, presidente do Kaiserslautern, clube onde o artilheiro tem contrato até 2005, garantiu que até agora não recebeu qualquer oferta concreta pelo passe do atleta. Quanto à possibilidade de o clube abrir mão de Klose, Friedrich preferiu não especular a respeito: "Não vamos fazer comentários antecipados", foi sua resposta.

Elogios – Klose é, sem dúvida, a mais nova estrela do futebol. Sua agilidade, determinação e profissionalismo fazem com que ele seja a grande sensação desta Copa. "Klose é uma estrela de verdade, ele é perigoso", avaliou o ministro do Interior da Alemanha, Otto Schily, que acompanhou da tribuna do estádio japonês a partida da seleção alemã contra Camarões.

Até seus colegas de equipe não poupam elogios. Oliver Bierhoff declarou que Klose tem motivos para estar satisfeito com seu desempenho. Ele disse que ficou especialmente contente com o modo pelo qual o artilheiro preparou o primeiro gol contra Camarões.

Já Carsten Jancker foi mais lacônico: "Os cinco gols falam por si, não há nada a acrescentar". O técnico Rudi Völler, por sua vez, sabe que tem um craque de peso na seleção.

Humildade – O sucesso parece não atingir o ego do craque de 24 anos. Ele garantiu que seu principal objetivo não é manter a liderança da artilharia da Copa. "Futebol é um esporte de equipe", afirmou Klose, deixando claro que seu desejo não é brilhar sozinho em campo, mas contribuir para que a seleção alemã continue no campeonato.

Quanto à euforia antecipada, Klose acha melhor não cantar vitória antes do tempo. "Não podemos ficar sonhando agora com as quartas-de-final ou a semifinal. Temos que pensar em um jogo atrás do outro", ponderou o atacante.

A próxima partida da Alemanha será no sábado (15/06), contra o Paraguai.