1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

Justiça bloqueia bens de Neymar

Diversos imóveis, um iate e um jatinho foram embargados. Medida visa garantir pagamento de dívidas tributárias e possíveis multas referentes ao processo no qual atacante é acusado de sonegação fiscal.

A Justiça Federal ordenou nesta segunda-feira (15/02) o bloqueio de propriedades, incluindo um iate e um jatinho, do atacante Neymar. A decisão faz parte de um processo no qual o jogador e seus familiares são acusados de evasão fiscal.

Entre os bens bloqueados, estão imóveis em São Paulo, São Vicente, Praia Grande, Guarujá, Santos e Itapema. A medida visa garantir o pagamento de dívidas tributárias e possíveis multas referentes ao processo.

O fisco acusa Neymar de ter sonegado 63,6 milhões de reais em impostos entre 2011 e 2013. A evasão fiscal teria ocorrido na transferência do atacante do Santos para o Barcelona, efetuada em 2013. Além do bloqueio do valor sonegado, a Justiça determinou uma multa de 150% sobre o valor cobrado pela Receita.

Na semana passada, a Justiça manteve o bloqueio de

188 milhões de reais de contas e bens do atacante

, que foi determinado em setembro do ano passado, e reajustou o valor para 192 milhões de reais, o que acarretou o bloqueio de outros bens do jogador, ordenado nesta segunda-feira.

As autoridades fiscais alegam que Neymar sonegou impostos porque declarou o dinheiro recebido pela sua transferência ao futebol espanhol como ganho de suas empresas, e não como um rendimento de seu trabalho.

O atacante também teria omitido da declaração de imposto as cobranças de serviços de publicidade, direitos de imagem e outros contratos assinados com o Barcelona e outras empresas entre 2011 e 2013.

Supostas irregularidades cometidas na

transferência de Neymar para o Barcelona

também são investigadas pela Justiça espanhola.

CN/efe/dpa/ots

Leia mais