1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

Justiça alemã nega recurso e mantém pena de prisão para zagueiro Breno

Brasileiro cumpre pena de prisão em Munique, acusado de incendiar a própria casa. Advogado lamenta decisão e diz que há poucas chances de jogador ir para o semiaberto.

O escritório de advocacia que representa o jogador de futebol Breno confirmou nesta terça-feira (29/01) que a Corte Federal de Justiça da Alemanha (Bundesgerichtshof) rejeitou o pedido de revisão do caso. Em sua decisão, a corte confirmou a sentença expedida pelo Tribunal Regional de Munique I no dia 4 de julho de 2012, e o zagueiro brasileiro terá que cumprir a pena de três anos e nove meses que lhe foi imputada.

Em nota, o advogado do atleta, Steffen Ufer, lamentou a decisão judicial, mas disse que ela já era esperada, pois poucos casos de revisão são bem-sucedidos na Corte Federal de Justiça. "Breno terá que passar ao menos mais um ano na prisão", lamentou o advogado, acrescentando que, no momento, é uma ilusão acreditar que o jogador possa ir para o regime semiaberto.

Na noite de 20 de setembro de 2011, Breno incendiou a casa onde morava, localizada nos arredores de Munique. A esposa e os filhos não se encontravam na residência. Investigações confirmaram que o atleta estava alcoolizado e sob efeito de medicamentos, mas não foram suficientes para definir a ausência de responsabilidade penal.

PV/sid/dapd/ots
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais