1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Justiça alemã impede "faxina" no Mercado Novo

Decisão defende empresas cujas ações caíram para menos de um euro.

O Tribunal de Justiça de Hessen proibiu a Bolsa de Valores da Alemanha (Deutsche Börse AG) de expulsar empresas com "ações podres" do Mercado Novo.

A Deutsche Börse introduziu em outubro do ano passado uma regra destinada a fazer uma faxina no chamado Mercado Novo, onde são cotadas prinicipalmente ações da área de tecnologia e Internet. A intenção era eliminar as chamadas "penny stocks", ações que há meses valem menos de um euro.

Com isso, a partir do próximo dia 27, a NSE Software, LetsBuyIt.com, e.multi, GfN, InfoGenie e FortuneCity deixariam de ser cotadas na Bolsa de Frankfurt. A Justiça, entanto, atendeu a um pedido de urgência das empresas para impedir a expulsão.

A decisão deve evitar também uma faxina geral no Mercado Novo alemão. Analistas calculam que, pelo menos, 50 empresas correm o risco de cair na faixa de cotação das "penny stocks" este ano. De acordo com o tribunal, elas só podem ser expulsas da bolsa depois de encerrados os repectivos processos de falência.