1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Juntando forças em prol de Leipzig 2012

A candidatura de Leipzig para sediar os Jogos Olímpicos de 2012 se consolida, depois de balançar, afetada por inúmeras querelas. A cidade alemã ganha um parceiro para sua divulgação em todo o mundo: a Deutsche Welle.

default

Maquete do Parque Olímpico de Leipzig

"Já passamos por maus pedaços e ainda temos muitas dificuldades pela frente", admitiu Wolfgang Tiefensee, prefeito de Leipzig, referindo-se às turbulências que colocaram em risco a candidatura da cidade situada no Leste da Alemanha para sediar a Olimpíada de 2012 e pensando nos obstáculos ainda por superar. Mas, na reunião com a liderança do setor esportivo do país, realizada no final de semana em Frankfurt, o político social-democrata não deixou a menor dúvida em seu empenho pessoal e no desejo dos 500 mil habitantes da cidade de hospedar os melhores esportistas do mundo.

Tiefensee conseguiu não apenas convencer os cartolas como também garantiu o apoio deles para sua cidade. Manfred von Richthofen, presidente da Confederação Alemã de Desportos (DSB), conclamou os demais presentes a se dedicar "com otimismo às tarefas que estão pela frente". Palavras que ganham peso quando se considera que Von Richthofen chegou a defender a desistência de Leizpig, diante das querelas envolvendo funcionários da empresa que coordena a candidatura.

Assim como as oito demais candidatas à Olimpíada de 2012 — Rio de Janeiro, Havana, Nova York, Londres, Paris, Madri, Istambul e Moscou —, Leipzig tem prazo até 15 de janeiro de 2004 para responder a um catálogo de 27 perguntas. O Comitê Olímpico Internacional (COI) quer informações precisas sobre os centros esportivos e a hospedagem dos atletas, a viabilidade financeira do projeto e a infra-estrutura e a segurança da cidade. Em relação ao questionário, Tiefensee manifestou despreocupação, garantindo que a sua cidade está em dia com as lições de casa.

Divulgação em todo o mundo

Outro passo importante agora é ser convincente para fora. Neste ponto, Leipzig conquistou um parceiro de peso: a Deutsche Welle. Ao assinar o convênio de parceria, o diretor-geral da DW, Erik Bettermann, esclareceu a opção da seguinte maneira: "Faz parte das tarefas da Deutsche Welle divulgar a Alemanha no exterior, e se a Alemanha, uma de suas cidades, se candidata a sediar os Jogos Olímpicos, então é tarefa nossa divulgar isso também no exterior... E eu acho que essa candidatura também faz parte do processo da Alemanha de se tornar uma unidade. Em parte é um pouco de emoção — mas está dentro também da missão da Deutsche Welle".

Nas próximas semanas e meses, a emissora internacional da Alemanha vai dedicar atenção reforçada a Leipzig. A DW-TV vai passar a veicular desde já pequenas peças publicitárias sobre a cidade, num total de 600. Os programas da DW-RADIO para a Ásia e a África vão lançar dentro em breve um concurso que tem a cidade do Leste alemão como tema. Naturalmente serão produzidos também programas informativos sobre a vida econômica, cultural e esportiva da candidata alemã à Olimpíada de 2012. A DW-WORLD, por sua vez, vai lançar antes dos Jogos em Atenas, em 2004, um portal próprio dedicado às Olimpíadas em geral e com destaque especial para Leipzig.

As esperanças ainda se mantêm vivas pelo menos até 18 de maio do ano que vem, quando o COI vai oficializar a candidatura das concorrentes a sediar os Jogos de 2012.

Leia mais