1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Judeus vítimas dos ataques em Paris são enterrados em Jerusalém

Funeral dos quatro judeus mortos no ataque ao supermercado kosher em Paris foi realizado nesta terça-feira em Israel. Cerimônia contou com a presença de vários líderes políticos e religiosos.

Os corpos das quatro vítimas do ataque ao um minimercado kosher em Paris no dia 9 de janeiro foram sepultados nesta terça-feira (13/01) em Jerusalém.

Yoav Hattab, Philippe Braham, Yohan Cohen e Francois-Michel Saada, nenhum dos quais era cidadão israelense, foram mortos durante o ataque na última sexta-feira. Eles estão entre as 17 vítimas dos

atentados na capital francesa

, que também incluem os mortos na sede do jornal satírico Charlie Hebdo, no dia 7.

Bandeiras pretas foram espalhadas pela cidade com os dizeres "Jerusalem est Charlie" (Jerusalém é Charlie), numa demonstração de solidariedade às vítimas dos ataques.

O presidente israelense Reuven Rivlin, o premiê

Benjamin Netanyahu

, a ministra do Meio Ambiente da França, Ségolene Royal, e líderes religiosos compareceram ao funeral no cemitério Har HaMenuchot.

Após os ataques na capital francesa, Netanyahu permitiu que os quatro judeus mortos fossem enterrados em Jerusalém. Na ocasião, o premiê convidou os judeus franceses a emigrar para Israel.

"A todos os judeus da França, todos os judeus da Europa, gostaria de dizer que Israel não é o local onde apenas se vai para rezar. O Estado de Israel também é seu lar", afrimou Netanyahu.

RC/afp/dpa/ap

Leia mais