Jovens criam sistema de ônibus compartilhado na Alemanha | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 31.07.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Jovens criam sistema de ônibus compartilhado na Alemanha

Três jovens empreendedores se aproveitam de uma brecha legal na Alemanha para criar um sistema de transporte rodoviário mais econômico do que o de trem ou o avião.

default

Para estudantes, ônibus são alternativa econômica

A lei alemã de transporte de passageiros, datada de 1934, proíbe, de fato, a concorrência entre empresas de ônibus com linhas nas principais autoestradas do país.

Três jovens estudantes da Universidade Zeppelin, de Fredrichshafen, no sul da Alemanha, no entanto, encontraram uma saída, já que nada impede que trajetos de ônibus sejam compartilhados entre várias pessoas.

Assim foi criada em 2009 a empresa DeinBus.de, aproveitando-se de um serviço já bastante usado, o Mitfahrgelegenheit, em que pessoas oferecem carona pela internet, para baixar os custos de sua viagem.

Flash-Galerie Mitfahrgelegenheit Bus

O serviço organiza viagens compartilhadas de ônibus tanto entre cidades da Alemanha como de outros países na Europa

DeinBus.de funciona sob o mesmo princípio, só que a diferença está no meio de transporte e na quantidade de passageiros. O negócio funciona da seguinte maneira: os ônibus de grandes companhias rodoviárias são alugados pela nova empresa, que organiza viagens entre cidades alemãs, como Frankfurt, Colônia, Stuttgart e Munique, ou europeias, como a Madri.

Trajetos dependem da demanda

Os criadores da DeinBus.de são Ingo Mayr-Knoch, Christian Janisch e Alexander Kuhr. Em sua maioria, os usuários do serviço são jovens estudantes.

"Foi durante um semestre de estudos no exterior que andamos de ônibus na Espanha e no leste da Europa e nos perguntamos por que esta alternativa barata não é oferecida na Alemanha. Analisamos as leis e, com o apoio de nossos professores, desenvolvemos este projeto", conta Kuhr, de 26 anos, que investiu suas economias na ideia.

O conceito é simples: num formulário disponibilizado na página da empresa na internet, os interessados escrevem data e hora de quando pretendem viajar e para onde querem ir. Se várias pessoas se interessarem pelo mesmo trajeto, a empresa organiza a viagem de ônibus. Já aconteceu de organizarem até mesmo uma viagem a Madri para 200 torcedores que queriam assistir a um jogo de futebol.

"Só organizamos trajetos para os quais há interesse de um número suficiente de pessoas, e isso é precisamente o interessante, pois só assim funciona", comenta Janisch.

Dependendo do número de passageiros, a viagem de ônibus entre Frankfurt e Colônia custa entre 9 e 15 euros e dura três horas. De trem rápido, ela demora uma hora, mas custa quatro vezes mais.

Autoras: Bianca von der Au / Cristina Mendoza Weber (rw)

Revisão: Marcio Damasceno

Leia mais