Jovem britânico tentou matar Trump, diz polícia | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 21.06.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Jovem britânico tentou matar Trump, diz polícia

Preso no fim de semana por tentar roubar arma de policial, adolescente de 19 anos teria como objetivo assassinar pré-candidato republicano durante comício em Las Vegas.

Assistir ao vídeo 00:31
Ao vivo agora
00:31 min

Veja imagens da prisão

O britânico preso no fim de semana, após lutar com um policial para pegar sua arma durante um comício de Donald Trump, pretendia matar o magnata republicano, revelaram documentos oficiais divulgados nesta segunda-feira (20/06).

Michel Steven Sandford, de 19 anos, parou o agente de segurança alegando que queria um autógrafo de Trump. Em seguida, tentou roubar seu revólver.

De acordo com os documentos enviados a um tribunal de Nevada, o jovem disse a agentes do serviço secreto que foi até Las Vegas para matar Trump.

"Sandford declarou que queria matar Trump há um ano, mas decidiu agir nesta ocasião por se sentir finalmente confiante para tentar", revela o documento.

O britânico foi indiciado por ato de violência. O jovem vive há cerca de um ano e meio nos Estados Unidos. Segundo sua advogada, ele vivia em seu carro após seu visto expirar.

Um dia antes da tentativa de assassinato, Sandford foi a um clube de tiro praticar. Antes, ele nunca havia manejado uma arma. O britânico disse ainda a investigadores que, quando for solto, vai tentar novamente e que tinha certeza que morreria após a tentativa de assassinato.

A mãe de Sanford contou aos investigadores que o filho foi tratado de Transtorno Obsessivo Compulsivo e anorexia quando era mais novo e chegou a fugir do hospital uma vez.

CN/rtr/ap

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados