1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Jogos Macabeus pela primeira vez na Alemanha

Edição europeia do maior evento esportivo da comunidade judaica será disputada no Estádio Olímpico de Berlim, construído pelo regime nazista para os Jogos de 1936.

A 14ª edição europeia dos Jogos Macabeus, maior evento esportivo da comunidade judaica, começa nesta segunda (27/07), em Berlim. É a primeira vez que as também chamadas Macabíadas serão realizadas na Alemanha.

O local será o Estádio Olímpico de Berlim, construído originalmente pelo regime nazista para os Jogos Olímpicos de 1936. Até o dia 5 de agosto, 2,3 mil atletas da comunidade judaica internacional vão competir em 24 modalidades esportivas.

Três efemérides marcam esta edição do evento. Em 2015, são lembrados os 70 anos do fim da Segunda Guerra, os 50 anos da retomada das relações entre Alemanha e Israel e os também 50 anos da Associação Macabi Alemã.

Segundo o organizador do evento, Alon Meyer, realizar a 14ª edição dos jogos na capital alemã não foi fácil: “Muitas pessoas diziam que nunca mais iriam pisar na Alemanha, e temos de respeitar isso”, disse a um grupo de jornalistas estrangeiros.

Porém, Meyer afirmou que, 70 anos após o fim da Segunda Guerra, o acontecimento é um sinal de reconciliação. “Somos uma nova geração, e a questão da culpa já foi resolvida há muito tempo”, acrescentou.

Berlin EMG 2015 Maccabi Games Makkabiade

Mais de 2 mil atletas da comunidade judaica internacional vão competir em 24 modalidades

Para o ministro do Interior da Alemanha, Thomas de Maizière, é simbólico o fato de o evento acontecer em um local utilizado como símbolo de propaganda pelo regime responsável pela morte de 6 milhões de judeus.

“Foi nesse estádio que os Jogos Olímpicos foram explorados por Hitler”, disse à rádio alemã RBB. “Assim, organizar os Jogos Macabeus Europeus no mesmo local acaba sendo uma mensagem importante e positiva.”

As Macabíadas Europeias são realizadas num intervalo de dois anos em relação à versão mundial dos Jogos, esta sempre com sede em Israel. Também há uma versão pan-americana, cuja próxima edição ocorrerá no Chile, entre dezembro de 2015 e janeiro de 2016.

Segurança

As Macabíadas Europeias foram realizadas pela primeira vez em 1929, em Praga. Com o Holocausto, os jogos foram interrompidos até 1959, quando voltaram a ser realizados em Copenhague. Em 2011, a última edição foi sediada em Viena.

Neste ano, 38 países serão representados. Como apenas atletas de origem judaica podem participar, também estão programadas partidas extraoficiais, que contarão com a presença de convidados não judeus e celebridades.

Assistir ao vídeo 03:05

Homenagem a atletas judeus na Alemanha

O diretor do Conselho Central de Judeus na Alemanha, Daniel Botmann, diz que a intenção é mostrar para o mundo, por meio de um evento esportivo pacífico e bem-sucedido, que a vida dos judeus alemães e europeus vai além do debate sobre o antissemitismo ou a proteção de sinagogas.

“Os Jogos Macabeus Europeus mostram que os judeus são uma importante parte da sociedade”, afirmou.

Apesar disso, a segurança dos jogos será reforçada. Meyer disse que teve de responder a inúmeras questões relativas ao tema, vindas especialmente dos pais dos cerca de 600 jovens atletas que vieram a Berlim. “Estou confiante que as medidas corretas estão sendo tomadas, mas é impossível garantir 100% de segurança”, admitiu.

A primeira associação esportiva judaica foi fundada em 1896, em Constantinopla, atual Istambul. As associações macabi foram ganhando força nas primeiras décadas do século 20, à medida que cada vez mais atletas judeus eram expulsos de clubes esportivos. Em 1921, foi fundada a União Mundial Macabi. Onze anos depois, Tel Aviv sediou as primeiras Macabíadas Mundiais.

O termo “Macabi” tem origem na figura religiosa de Judas Macabeu, que liderou em 170 a.C. a revolta dos judeus contra o imperador selêucida Antíoco 4º, que havia determinado a destruição da religião. Em aramaico, “makkaba” significa “martelo”.

FCA/dpa/ap

Áudios e vídeos relacionados