1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

Jogo de repescagem da Bundesliga que acabou em tumulto não será repetido

Hertha Berlim perde em segunda instância. Tribunal da Federação Alemã de Futebol confirma resultado que rebaixou time da capital à Segunda Divisão.

Após dez horas de reunião, o tribunal federal da Federação Alemã de Futebol (DFB, do alemão) decidiu, em segunda instância, na noite desta sexta-feira (25/05), que não haverá repetição da partida de repescagem entre o Hertha Berlim e o Fortuna Düsseldorf. Foi confirmada, assim, a decisão do tribunal esportivo do DFB, divulgada na última segunda-feira.

No jogo, disputado em 15 de maio, os torcedores do Fortuna invadiram o campo quando faltavam menos de dois minutos para o final da partida, acreditando que ela já havia terminado. Com a invasão, a partida foi interrompida por 20 minutos pelo árbitro Wolfgang Stark e o jogo só prosseguiu depois que policiais e agentes de segurança liberaram o gramado.

Após perder o primeiro confronto, o Hertha empatava por 2 a 2 em Düsseldorf, resultado que garantia, após 15 anos, o retorno do Fortuna à primeira Divisão da Bundesliga. Já o clube da capital alemã cai pela sexta vez para a Segunda Divisão.

Torcedores e sinalizadores em campo interromperam a partida em Düsseldorf

Torcedores e sinalizadores em campo interromperam a partida em Düsseldorf

Penalizações

Nesta sexta-feira, foram ouvidos os depoimentos de 11 testemunhas, entre os quais o árbitro da partida e o treinador do Hertha, Otto Rehhagel. Vários jogadores acusaram o árbitro de ter finalizado o jogo antes do tempo previsto. Um deles, o georgiano Levan Kobiaschwilli, foi acusado de agressão física ao juiz.

A comissão de fiscalização da DFB abriu uma investigação contra Kobiaschwilli e contra três outros jogadores do Hertha: o capitão Christian Lell, Thomas Kraft e Andre Mijatovic.

Além disso, ambos os clubes ainda podem sofrer sanções: ao Hertha podem ser aplicadas multas porque seus torcedores jogaram sinalizadores no campo, e o Fortuna Düsseldorf  pode ser penalizado com um jogo a portas fechadas porque seus torcedores invadiram o gramado.

O time da capital ainda não decidiu se vai recorrer ao tribunal permanente de arbitragem da Federação Alemã de Futebol. Teoricamente, também é possível a apelação perante o Tribunal Arbitral do Esporte, em Lausanne.

RW/dpa/sid
Revisão: Soraia Vilela

Leia mais