Jogadora Birgit Prinz, três vezes melhor do mundo, encerra a carreira | Leia as principais notícias sobre o futebol internacional | DW | 12.08.2011
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

Jogadora Birgit Prinz, três vezes melhor do mundo, encerra a carreira

Aos 33 anos, melhor jogadora alemã da história anuncia que não vai mais jogar. Prinz marcou 14 gols em Mundiais, assim como Marta. Sua última partida pela seleção alemã foi na Copa em casa, em julho.

default

Prinz jogou 214 partidas e marcou 128 gols pela Alemanha

Birgit Prinz, a mais bem-sucedida jogadora alemã de todos os tempos, anunciou nesta sexta-feira (12/08) o fim de sua carreira profissional. Com 33 anos, a atacante do FFC Frankfurt foi campeã alemã nove vezes e conquistou o título da Copa da Alemanha dez vezes.

Por três anos consecutivos – 2003, 2004 e 2005 – ela foi eleita a melhor do mundo pela Fifa. Na seleção alemã desde 1994, ela disputou 214 partidas, marcou 128 gols e conquistou dois títulos mundiais, cinco europeus e três vezes o bronze olímpico.

Após a eliminação nas quartas de final na Copa do Mundo disputada em casa, em julho último, Prinz já havia anunciado não mais estar à disposição da seleção alemã. Devido a sua má forma, a treinadora alemã, Silvia Neid, a havia banido ao banco de reservas.

"O futebol é uma das minhas maiores paixões, por isso foi difícil para mim encerrar esse capítulo", disse Prinz, que pendura as chuteiras após 25 anos de atividade profissional. "Tomei a decisão conscientemente e após refletir muito, e não por impulso depois do que aconteceu na Copa."

Carreira de recordes

Frauen Fußball WM Detuschland Frankreich Prinz

Prinz no banco de reservas na Copa de 2011


Nascida em 25 de outubro de 1977 em Frankfurt, Birgit Prinz é formada em psicologia do esporte. Ela começou a carreira profissional no FSV Frankfurt, pelo qual jogou dos 15 aos 21 anos. Após uma breve atuação nos Estados Unidos, onde disputou 15 partidas pelo Carolina Courage em 2002, voltou ao FFC Frankfurt, clube para o qual havia se transferido em 1998.

A carreira de Prinz acumula alguns recordes. Ao lado de Kristine Lilly, Homare Sawa e da brasileira Formiga, a alemã teve o maior número de participações em Copas do Mundo: cinco. Também é artilheira do Mundial, tendo marcado 14 gols, mesmo resultado de Marta. Nos Jogos Olímpicos, Prinz também foi a jogadora que marcou presença mais vezes, 19, e, ao lado de Cristiane, é artilheira olímpica, com dez gols.

LPF/dpa/sid
Revisão: Roselaine Wandscheer

Leia mais