1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Japão: evolução constante

Manter a história recente de sucesso e atingir o posto de time mais poderoso da Ásia são os objetivos japoneses a partir da Copa das Confederações.

default

Asiáticos não temem as grandes potências

Quem assistiu aos jogos do Japão em sua primeira Copa do Mundo, em 1998, na França, não imaginava o nível que a equipe atingiria quatro anos mais tarde, quando chegou à segunda fase do torneio que sediou junto com a Coréia do Sul e também levantou dois troféus da Copa da Ásia.

Mas uma performance impressionante, em 2002, sob o comando do francês Philippe Troussier, deu ao mundo a certeza de que os países asiáticos podem atingir o alto nível das grandes potências do futebol.

Foram duas vitórias consecutivas na primeira fase, contra a Rússia e a Tunísia, e um empate com a Bélgica para chegar às oitavas-de-final da última Copa como líder de seu grupo. No mata-mata, a Turquia levou a melhor por 1 a 0 e eliminou os japoneses.

Com um novo treinador, o brasileiro Zico, o país asiático tenta se manter na rota do sucesso e mostrar que pode ser o melhor de seu continente. O primeiro passo neste sentido é a Copa das Confederações, onde o Japão enfrenta o Brasil, o México e a Grécia no grupo B.

A evolução da equipe é registrada anualmente desde 1993, quando teve início a sua já famosa e milionária J-League, o campeonato nacional. Muito se deve ao talento brasileiro que exportou técnica e conhecimento para ajudar a formar craques como Hidetoshi Nakata, hoje na primeira divisão italiana.

O desenvolvimento do futebol no país foi tão grande que das eliminatórias para a Copa do Mundo de 1994, nos Estados Unidos, quando o país falhou, e das três derrotas na primeira fase em 98, o Japão atingiu a segunda fase quatro anos mais tarde.

Para Zico, a Copa das Confederações é a grande oportunidade para aprimorar a equipe, desenvolver o espírito de união entre os jogadores e dar seqüência ao ousado plano de levar o Japão à elite do futebol.

Elenco

Goleiros: Seigo Narazaki (Nagoya Grampus Eight, Japão), Yoichi Doi (FC Tokyo, Japão), Yoshikatsu Kawaguchi (Jubilo Iwata, Japão)

Defensores: Makoto Tanaka (Jubilo Iwata, Japão), Takayuki Chano (Jubilo Iwata, Japão), Tsuneyasu Miyamoto (Gamba Osaka, Japão), Alessandro Santos (Urawa Reds, Japão), Atsuhiro Miura (Vissel Kobe, Japão), Keisuke Tsuboi (Urawa Reds, Japão), Akira Kaji (FC Tokyo, Japão), Teruyuki Moniwa (FC Tokyo, Japão)


Meias: Yasuhito Endo (Gamba Osaka, Japão), Koji Nakata (Marseille, França), Mitsuo Ogasawara (Kashima Antlers, Japão), Shunsuke Nakamura (Reggina, Itália), Takashi Fukunishi (Jubilo Iwata, Japão), Junichi Inamoto (West Bromwich Albion, Inglaterra), Masashi Motoyama (Kashima Antlers, Japão), Hidetoshi Nakata (Fiorentina, Itália)

Atacantes: Keiji Tamada (Kashiwa Reysol, Japão), Takayuki Suzuki (Kashima Antlers, Japão), Atsushi Yanagisawa (Messina, Itália), Masashi Oguro (Gamba Osaka, Japão)

Técnico: Zico

Informações gerais

Japão
Continente: Ásia
Capital: Tóquio
Maiores cidades: Tóquio, Osaka, Yokohama, Nagoya, Sapporo, Kyoto, Kobe
Moeda: Iene
Idioma: japonês
Sistema de governo: Monarquia parlamentarista

Informações geográficas

Área: 377.835km²
Ponto mais alto: Monte Fuji (3776m)
Fronteiras: –

População

População: 127.417.244 (estimativa para julho de 2005)
Média de idade: 42,64 anos
Expectativa de vida: 81,15 anos

Leia mais